Plantão

Pavimentação de rodovia segui em ritmo acelerado entre Santa Inês-PB à divisa de Pernambuco



Mais de 12 mil habitantes serão beneficiados diretamente com a pavimentação da PB-400, trecho ligando Santa Inês à divisa da Paraíba com Pernambuco, cujas obras se encontram em ritmo acelerado e devem ser concluídas até o final de abril. Estão sendo investindo mais de R$ 11,8 milhões, com recursos próprios, contemplando a população dos municípios de Santa Inês e Conceição, ambos localizados no alto Sertão Paraíba.



Quando concluída, a rodovia vai modernizar e ampliar a infraestrutura rodoviária; promover o desenvolvimento socioeconômico entre a região do Vale do Piancó e o sertão pernambucano; reduzir o tempo de viagem e os custos de transportes, além de melhorar a qualidade de vida da população local.


O engenheiro do DER-PB Lucas Arruda, gestor da obra, disse que a construtora está trabalhando em ritmo acelerado e, atualmente, estão sendo executados os serviços de tratamento superficial duplo (TSD); execução de meio fio, sarjetas e a escavação de algumas valetas. Em seguida, serão colocadas as defensas metálicas e, após a conclusão da obra, serão feitas as sinalizações vertical e horizontal.



Embora o prazo final de conclusão da obra tenha sido para agosto deste ano, ela já está em fase de conclusão e a previsão é que estará pronta em abril, portanto, com 4 meses de antecedência, foi o que garantiu o engenheiro Jorge Alberto Aguiar Filho, representante da Empresa responsável.



Algumas pessoas que moram em toda a extensão da rodovia, há vários anos, entre eles Alaíde de Sousa Ramalho, Josineto Paulino de Figueiredo e Hermes Paulino ressaltam que esse era um pleito antigo da população e, que finalmente, a rodovia está sendo executada e concluída em tempo recorde. Alaíde de Sousa afirmou que é a chegada da tranquilidade e do desenvolvimento para os habitantes da região.


“Isso vai promover a melhoria do comércio entre cidades da Paraíba e de Pernambuco, como São José do Belmont, Serra Talhada e Salgueiro”, enfatizou Alaíde.



Fonte: Radar Sertanejo

Nenhum comentário: