Plantão

Após receber R$ 500 mil de apoiadores, Dallagnol pede para interromperem doações



Uma rede social, o ex-procurador da força-tarefa da Lava Jato e pré-candidato à Câmara dos Deputados Deltan Dallagnol (Podemos) anunciou que os valores doados por apoiadores para pagar indenização ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já somam meio milhão de reais e que não há mais necessidade de doações. Ele também voltou a dizer que viu o ato como forma de protesto e que não vai parar de combater a corrupção. Dallagnol reafirmou que tentará derrubar a decisão e que, se isso acontecer, vai doar todo o dinheiro para hospitais filantrópicos que tratam crianças com câncer e portadoras de autismo.



As doações via Pix começaram a aparecer na conta do ex-procurador depois que ele foi condenado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) a pagar indenização ao ex-presidente Lula. O valor foi fixado em R$ 75 mil, mas corrigido pode chegar a R$ 200 mil. A punição é fruto de uma ação por danos morais pelo comportamento de Dallagnol em uma coletiva de imprensa em 2016, no âmbito da Lava Jato. Na ocasião, ele apresentou um que apresentação em slide de PowerPoint em que acusava Lula de culpado antes mesmo da condenação no caso do triplex do Guarujá.

*Com informações da repórter Carolina Abelin

Nenhum comentário: