Plantão

Com novos surtos, casos de gripe ultrapassam as suspeitas de Covid-19



O surto de gripe começa a avançar por Estados brasileiros. Rio de Janeiro e Bahia, por exemplo, já declararam que vivem uma epidemia da doença. Ao mesmo tempo, embora o Estado do Pará não tenha decretado a situação epidêmica da doença, a capital Belém já declarou surto. O cenário é preocupante porque postos de saúde e hospitais começam a ter uma alta procura por atendimento. A Secretaria de Estado da Saúde em São Paulo, inclusive, solicitou ao Ministério da Saúde uma manifestação urgente quanto ao cenário epidemiológico da gripe no Brasil. Na capital paulista, a prefeitura diz que está vivenciando um “aumento significativo no número de pessoas com síndrome gripal”. Só na primeira quinzena deste mês, os casos de atendimento respiratório superaram as suspeitas de Covid-19. O infectologista Ivan França aponta que ainda não é possível saber ao certo qual será o impacto no sistema de saúde da capital.



“O que a gente está vendo, até o momento, é que a assistência à saúde está com o dobro das pessoas que vimos nas últimas semanas. Até agora, um número maior do que novembro inteiro. Ainda não sabemos se isso vai se refletir em internações e casos graves, mas os postos de saúde, os prontos-socorros já estão com muitas pessoas com sintomas de síndrome respiratória”, pontua. Esse novo surto da gripe é um reflexo da nova cepa de influenza, a H3N2, chamada também de Darwin. A variante foi identificada pela primeira vez em julho deste ano na Austrália e, por isso, a vacina aplicada neste ano não abrange a mutação.  A expectativa é que a nova cepa seja incluída na fórmula do imunizante do ano que vem. Vale lembrar que os sintomas da gripe podem ser confundidos com o da Covid-19. Por isso, a secretaria municipal de saúde já começou a fazer testes rápidos nos pacientes.


JP

Nenhum comentário: