Plantão

"Vão ter que prender muito mais gente, intimidar, porque não está dando certo!", disse Constantino



Durante sua participação no programa 3 em 1, da Jovem Pan, o jornalista Rodrigo Constantino repudiou a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, ao expedir mandados de busca e apreensão contra o deputado federal Otoni de Paula e o cantor Sergio Reis, ambos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, na última sexta-feira (20).

“O Brasil vive um dia muito triste. Não há mais qualquer verniz de Estado Democrático de Direito no país. O sistema é bruto, é criminoso e está exposto em praça pública.
Existe no Brasil hoje o crime de opinião. Essa mesma operação está até mesmo asfixiando o levantamento de recursos para uma manifestação que eles estão chamando previamente de ‘atos antidemocráticos’”, apontou Constantino.

A referência diz respeito à decisão de Alexandre de Moraes que bloqueou um financiamento coletivo para a manifestação organizada por apoiadores do presidente Bolsonaro, programada para o dia 7 de setembro.

Ao comentar sobre as ordens de busca e apreensão expedidas por Moraes, Constantino subiu o tom e chamou a decisão de ‘piada de mau gosto’

“É uma piada de mau-gosto. O que estão tentando matar a reação da população brasileira em relação aos desmandos.
Vão ter que prender cada vez mais gente, intimidar, porque não está dando certo, porque o Brasil ainda tem muito patriota com coragem e independência para lutar pela liberdade e não deixar o Brasil cair nas garras do Foro de São Paulo de mão beijada”, disparou ele.

Confira:

  • Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário: