Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

02 julho 2021

Composição do STF é tão militante quanto ‘oposição histérica’ que nós temos; Por Ana Paula Henkel



A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta sexta-feira, 2, a abertura de inquérito para investigar o presidente Jair Bolsonaro pelo crime de prevaricação na compra da vacina Covaxin. A manifestação ocorreu horas depois de a ministra Rosa Weber negar o pedido da PGR para que a investigação só fosse instaurada após o término da CPI da Covid-19. O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, pediu a abertura do inquérito após uma notícia-crime apresentada ao STF pelos senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Fabiano Contarato (Rede-ES) e Jorge Kajuru (Podemos-GO). Na manifestação, a PGR pede o depoimento do deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), do servidor da Saúde Luis Ricardo Miranda e de Jair Bolsonaro. 

Para a comentarista Ana Paula Henkel, do programa “Os Pingos Nos Is“, da Jovem Pan, o inquérito não vai chegar a lugar algum. “É um crime muito difícil de ser comprovado, porque são vacinas que não foram compradas, dinheiro que não foi gasto, contratos que não foram assinados. E enquanto a gente fala de tudo isso, continuamos perguntando onde foi parar o dinheiro dos recursos federais para governadores e prefeitos”, disse. “Que abra esse inquérito, que investigue a fundo e que feche esse circo se tornou a CPI porque ninguém aguenta mais”, completou. Ana Paula também criticou a oposição ao presidente Jair Bolsonaro, que chamou de “histérica, sem maturidade e sem propósito”. “Está muito explícito que essa composição do STF é tão militante quanto essa oposição que nós temos”, defendeu.


Jovem Pan

Nenhum comentário: