Plantão

Compre no AMAZON

Os Melhores Preços no AMAZON

02 abril 2021

PF apreende em Goiás mala com mais de R$ 800 mil em operação contra fraudes no auxílio emergencial e em precatórios

A Polícia Federal apreendeu, em Goiânia, nesta quarta-feira (31), uma mala com mais de R$ 800 mil. A ação é integrada em 12 estados e faz parte da Operação “ET Caterva”, que investiga fraudes de quase R$ 15 milhões no recebimento do auxílio emergencial e em precatórios judiciais. Advogados e funcionários públicos estão entre os suspeitos.

A investigação iniciou na Superintendência da PF de Mato Grosso e os policiais prenderam 12 pessoas e cumpriram 77 mandados de busca e apreensão e sequestro de bens. Também foram determinadas nove medidas de suspensão do exercício da função pública.

A PF informou que os criminosos teriam desviado mais de R$ 13 milhões em precatórios, que são reconhecimentos judiciais de dívidas que o Poder Público tem com autores de ações judiciais. Com a descoberta do golpe, os criminosos passaram a sacar o auxílio emergencial.

Foram 1.570 saques de benefícios, entre os meses de abril de 2020 e março de 2021, resultando em um prejuízo superior a R$ 1,3 milhão. A investigação apontou que o grupo agia da seguinte forma:

• Servidores da Caixa forneciam informações sobre precatórios à disposição para saque aos criminosos;
• De posse dos dados, os criminosos confeccionavam documentos falsos com as informações dos beneficiários dos precatórios e inseriam as próprias fotografias para sacar o dinheiro no banco.
• Após pegar o dinheiro, o valor era distribuído em diversas contas bancárias para ocultar a origem ilícita.

Em nota, a Caixa informou que adotou medidas administrativas para combater qualquer possibilidade de fraude e que coopera com as investigações.

O Ministério da Cidadania, responsável pela distribuição do auxílio emergencial, disse que “recebe as denúncias e repassa as informações para a ação dos demais órgãos no combate aos crimes relacionados aos pagamentos do benefício".



Fonte: G1

Nenhum comentário: