Últimas Notícias

Polícia prende pai acusado de atirar e matar filha e diz que tiro foi intencional, na Paraíba

A Polícia Civil prendeu o pai suspeito de matar a filha na zona rural de Boqueirão, na Paraíba. O crime aconteceu no dia 29 de dezembro de 2020 e o homem foi capturado nesta quinta-feira (28).

De acordo com a Polícia Civil, a Adanailza Araújo Vieira e o pai, José Agnaldo Vieira, o Naldo, de 53 anos, disputavam a posse de uma área rural. Testemunhas informaram que o homem não aceitava que a filha utilizasse a área para plantação.

O delegado Ilamilto Simplício informou, em vídeo enviado ao ClickPB, que o homem havia dito em depoimento que o disparo de espingarda foi acidental. Ficou comprovado, segundo o delegado, que o tiro foi intencional.

Ele havia sido posto em liberdade após se apresentar espontaneamente para depor à Polícia Civil. "Durante esse período, o Núcleo de Homicídios avançou nas investigações. Naquela época, o pai alegou que a arma tinha disparado por acidente. No entanto, as investigações, as pessoas parentes dele e dela que estavam no local do crime, apontam o contrário. A arma não disparou por acidente. Ele atirou, ele efetuou o disparo de forma intencional."


Clickpb

Comente aqui com o Facebook: