Últimas Notícias

STF diz que Moro foi parcial e anula sentença de doleiro

O ex-juiz federal Sérgio Moro usou as redes sociais nesta quarta-feira (26) para se manifestar sobre a decisão tomada ontem pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), a qual definiu que o então magistrado foi parcial em caso relacionado ao Banestado.


Os ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski decidiram que Moro não agiu corretamente num julgamento em específico.

Nesse sentido, os dois ministros acataram a argumentação da defesa do doleiro Paulo Roberto Krug. Os advogados dele acusaram o hoje ex-juiz de parcialidade ao ajudar na “produção de provas”.

“Com o empate de dois a dois no STF, fica anulada minha sentença que condenou um doleiro no caso Banestado — um marco do combate ao crime. Respeito o resultado. Antes, a condenação havia sido confirmada por 3 instâncias (Justiça Federal, TRF4 e STJ)”. disse Moro pelo Twitter.

Cármen Lúcia e Edson Fachin votaram favoravelmente ao ex-juiz federal. Como o empate favorece o réu, o resultado final foi, na verdade, uma derrota para Moro. Quinto integrante da Segunda Turma do STF, Celso de Mello não votou, pois está afastado por ordem médica.



Revista Oeste

Comente aqui com o Facebook: