Últimas Notícias

Paróquia é denunciada por cobrar dízimo atrasado dos fiéis

Uma paróquia na cidade de Nova Fátima, no norte do Paraná, virou notícia nas redes sociais. Com o dízimo atrasado, alguns fiéis receberam cartas de cobrança assinadas pelo Padre Nelson Mendes Vasconcelo, Dom Manoel, Dom Getúlio e pela Pastoral do Dízimo.

Na mensagem, o texto da Paróquia Nossa Senhora de Fátima ressaltava:


“Constatamos através do sistema dos dizimistas que o seu dízimo está atrasado desde janeiro de 2018. Sendo da vontade de Deus, se você quer assumir o compromisso de dizimista, favor procurar a Secretaria Paroquial. ‘O dízimo é bíblico e é um compromisso com Deus e com a igreja’. Deus vos abençoe. Amém.”

A notícia veio à tona após denúncia feita ao portal G1 por familiar de uma das fiéis. “Ela [moradora] me ligou dizendo: ‘Você não vai acreditar, recebi uma cobrança do dízimo hoje’. Ela estava muito constrangida, falou que não tinha nem jeito para aparecer na igreja mais. Segundo ela, é uma cobrança que chateia e desanima.”

A mulher, que não teve o nome revelado, revelou também que abandonou a igreja e hoje fequenta outras paróquias da região. “A vida toda eu fui coroinha, sempre participamos mas, ultimamente, ninguém mais vai por causa do padre. Ela [moradora] disse que parou de contribuir no envelope do dízimo após outros paroquianos relatarem que deram R$ 10, e o padre disse que era esmola. Mas, ela [moradora] continuou colocando o dinheiro na caixinha na hora da oferta”, explicou ela.



CATRACA LIVRE COM G1

Comente aqui com o Facebook: