Últimas Notícias

Acusado de envolvimento em crime de latrocínio é morto com mais de 15 tiros na frente da mãe


Um homem de 25 anos foi executado a tiros na frente da mãe na noite desta sexta-feira (7) em Mossoró, Oeste potiguar. João Batista Silva dos Santos tinha 25 anos e, segundo a polícia, era suspeito de ter participado do assalto que resultou na morte do consultor financeiro Everton Pinto Tomaz, em 2018.

De acordo com a Polícia Militar, João Batista seguia em um Corolla com a mãe e a irmã de sete anos, quando dois homens se aproximaram em uma moto e começaram a atirar.
Ele foi atingido e ainda tentou fugir correndo, mas foi alcançado pelos criminosos, que dispararam mais vezes depois que João caiu na calçada.
A mãe e a irmã dele não foram baleadas. Segundo a perita criminal Emanuella Pinheiro, do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), foram encontrados 20 ferimentos de bala no corpo de João Batista Silva dos Santos, entre entradas e saídas dos projéteis.


G1

Comente aqui com o Facebook: