Últimas Notícias

Governo propõe incorporação de 30% da Bolsa Desempenho para militares aposentados

A incorporação de parte do valor da ‘Bolsa Desempenho’ paga aos policiais e bombeiros da ativa para os inativos foi a proposta dada pelo Governo do Estado aos servidores da Segurança Pública da Paraíba nesta quarta-feira (5), durante reunião entre o governador João Azevêdo, o secretário da Segurança e da Defesa Social, Jean Nunes, e secretários da equipe econômica com entidades que compõem o Fórum de Entidades das Polícias Civil e Militar.

O incremento para os aposentados seria referente a 30% da verba da Bolsa Desempenho paga ao policial e bombeiro da ativa, em 60 meses, a partir de janeiro de 2021.
Além disso, ainda foi oferecido a todos os policiais e bombeiros da ativa outro reajuste de 5% no valor da Bolsa Desempenho, em outubro de 2020, inclusive para os guardas militares da reserva. O aumento se somaria aos 5% já pagos pelo Governo da Paraíba a todos os servidores do Estado no contracheque de janeiro, com exceção do magistério, que recebeu 12,84%.

De acordo com o secretário Jean Nunes, que acompanhou a reunião, as propostas apresentadas pelo governador João Azevêdo representam um impacto de R$ 310 milhões. “O Governo do Estado inovou, concedendo um reajuste linear. Com a nova proposta, quebra o paradigma de a Bolsa Desempenho ser exclusiva dos ativos e beneficia ativos e inativos, reformados e pensionistas, demonstrando também valorização das categorias de Segurança Pública que compõem o Fórum”.

O secretário da Fazenda, Marialvo Laureano, ainda ressaltou que as forças de Segurança tiveram na última década um acréscimo superior a 100% em suas remunerações. “Excluindo o magistério, foi a categoria que teve maior aumento”, frisou.


PB Agora

Comente aqui com o Facebook: