Últimas Notícias

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Brasil vacila e só empata com Uruguai no Pré-Olímpico Sub-23

Em jogo fraco tecnicamente, o Brasil empatou com Uruguai em 1 a 1, no estádio Alfonso López, em Bucaramanga, e se complicou no quadrangular final do Pré-Olímpico em noite marcada por falha dos goleiros. Arruabarrena, contra, e Ugarte marcaram os gols da partida.

Com o resultado, a seleção atingiu dois pontos no Quadrangular final e ocupa a segunda colocação. A equipe de Jardine volta aos gramados no próximo domingo, às 22h30, no clássico contra a Argentina.


A partida começou com a equipes se estudando muito e com pouca intensidade. O Brasil tinha mais a bola, mas encontrava dificuldade de finalizar. O Uruguai aproveitava as saídas de bola errada da zaga brasileira para tentar achar um gol, e foi o que aconteceu. Aos 34, Ugarte aproveitou a bobeira da defesa e arriscou de muito longe. A bola desviou levemente em Bruno Fuchs e o goleiro Ivan aceitou.

O Brasil acordou depois do gol e passou a pressionar o Uruguai. Paulinho e Antony buscavam jogadas individuais, sempre cortando para dentro em busca da finalização, mas estava difícil furar a defesa uruguaia. Aos 39, em bola levantada na área, Pedrinho cabeceou forte. Em um lance bizarro, Arruabarrena fez a defesa, mas se atrapalhou e acabou colocando a bola para dentro da própria rede marcando um gol contra inacreditável.

A partida não melhorou tecnicamente na segunda etapa. As equipes erravam muitos passes e tinham dificuldades para criar. Aos 9, Piquerez cobrou uma falta no travessão de Ivan e assustou a equipe brasileira. A seleção jogava mal, e só conseguiu responder aos 30 minutos. Em jogada característica de Antony, o ponta cortou para o meio e cruzou na cabeça de Matheus Cunha. O artilheiro, sozinho na pequena área, testou em cima do goleiro Arruabarrena.

Sem criatividade, o Brasil não conseguiu furar o boloqueio do Uruguai e acabou ficando apenas no empate. A Celeste ainda assustou no fim. Aos 44, Arezo recebeu uma ótima enfiada de bola e ficou cara a cara com Ivan. O goleiro brasileiro salvou na primeira e, no rebote, Iago salvou com o pé. O jogo ficou aberto no fim, mas o zero a zero não saiu do placar e as duas equipes saíram de campo decepcionas.


por Lance

Comente aqui com o Facebook: