Últimas Notícias

domingo, 28 de julho de 2019

Ambulante chora ao ser impedido de vender mercadoria em Itaporanga

O senhor Vanduir José de Almeida, de 57 anos, ficou abalado ao ser impedido pela Prefeitura de vender suas mercadorias de rua em Itaporanga, no Vale do Piancó. 

Ele afirmou estar assustado com a ameaça de fiscais de confiscar todos os pertences dele em cumprimento do Código de Postura do Município e de ser preso.


Dudu, como é bastante conhecido, já está há, aproximadamente, dez anos sobrevivendo da venda de frutas e verduras em sua carroça de mão na Avenida Getúlio Vargas, mas agora não sabe o que vai fazer se for definitivamente proibido de conseguir o seu suado dinheiro.

“Nós estamos lutando para sobreviver, trabalho aqui há quase dez anos. Temos lutado muito, porém esse prefeito é que o mais tem perseguido a gente. Ai eu pergunto, vou viver do que?”, indagou Dudu.

Os fiscais alegaram que o impedimento se dá porque o senhor fica em uma calçada movimentada do centro, atrapalhando a passagem dos pedestres, mas ele afirmou que não atrapalha, pois o local é largo e tem espaço.

Ao ser vinculada a notícia, internautas de imediato se solidarizaram com o senhor e condenaram a atitude da fiscalização. “Triste ver uma coisa dessas. Uma pessoa querendo ganhar seu pão de cada dia, e outros, que têm a mesa farta, querendo tirar”, escreveu um internauta.


Central Vale do Notícia

Comente aqui com o Facebook: