Plantão

Rodrigo Constantino aponta ‘relativismo moral’ em fala de Lula sobre guerra na Ucrânia


O embaixador da Ucrânia no Brasil, Anatoliy Tkach, demonstrou insatisfação da nação ucraniana com as declarações feitas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à revista Time, dos Estados Unidos, sobre a guerra com a Rússia. De acordo com o governista, o petista está “mal-informado” sobre os motivos da guerra no país. Lula afirmou que o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, é tão responsável pelo conflito que ocorre no leste europeu quanto o líder russo, Vladimir Putin.


Durante sua participação no programa 3 em 1, da Jovem Pan, o comentarista Rodrigo Constantino afirmou que, embora Lula seja ignorante “em quase tudo”, o ex-presidente realiza um “relativismo moral” ao equiparar Zelensky com Putin. “É uma questão de viés ideológico mesmo. Tem método. Qual a tática aqui? Se alguém falar: Stalin, Hitler e Reagan, nenhum deles era perfeito. Se falam isso, é óbvio que querem atingir Reagan. É muito simples compreender. Quando vai por esse caminho, você culpa aquele que não tem culpa e inocenta o agressor” afirma o analista. Constantino ressaltou, ainda, que “Lula defende tudo o que há de pior, de mais podre na geopolítica, na humanidade”.

Confira o programa desta quinta-feira, 05:

Nenhum comentário: