Plantão

"O amor constrangedor de um pai"; Texto fala sobre garoto de 13 anos que matou à própria Família em Patos



A advogada Rayssa Fonseca escreveu um texto na rede social Facebook, sobre o caso do garoto de 13 anos que matou a mãe, irmão e baleou o pai na cidade de Patos, no Sertão da Paraíba. A postagem foi intitulada de "O amor constrangedor de um pai".


Leia em detalhes abaixo:


O perdão do pai

1° Parte

(Tragédia ocorrido em Patos-PB em 19.03.2022). Depois de ter ficado paraplégico, sua esposa e seu filho caçula terem sido mortos pelo seu filho de 13 anos, o pai se pronuncia: “não quero que ele fique preso, quero que ele fique comigo, ele é um menino bom”. Um menino bom? Ele matou a família e ainda te deixou paraplégico, pensei. Há uns 15 dias outro fato aconteceu em Curitiba: Um filho matou o pai esfaqueado dentro do supermercado. Uma testemunha do crime disse que as últimas palavras do Pai foram uma oração para que Deus perdoasse o filho dele, enquanto levava várias facadas.
Contínua....

2° Parte

(Tragédia ocorrido em Patos-PB em 19.03.2022). Mesmo morrendo, intercedia pelo filho. É aterrorizador. Mas refleti sobre os dois fatos nessa manhã, o que me fez lembrar de Jesus, sendo morto: “Pai, perdoa-lhes, eles não sabem o que fazem”. Estarrecida com ambas as histórias, afinal, quem poderia amar assim? A gente é acostumado a pensar que “nada se compara ao amor de mãe” e aí aparecem esses dois pais constrangendo o mundo com seu amor imerecido, como o próprio Deus, o Pai. A gente também matou seu filho. E Ele insiste em continuar conosco - mesmo sendo os nossos pecados que tenham colocado Cristo na cruz.
Contínua...

3° Parte

(Tragédia ocorrido em Patos-PB em 19.03.2022). A gente não mereceria - continuamos não merecendo. E mesmo que a sociedade critique esse amor de Pai, Ele nos insiste em levar para Sua Própria casa, mesmo aqueles que são escória para o mundo. Eo amor de Deus - por mim e por você é de igual forma. Você é capaz de ver o Pai por meio desses pais? Eles são um vislumbre recente ao mundo do amor furioso de Deus por nós. Não é razoável, não é inteligível, mas é amor. A Bíblia diz que o amor constrange. Talvez a gente tenha tentado de muitas formas mudar esse mundo.
Contínua...

4° Parte

(Tragédia ocorrido em Patos-PB em 19.03.2022). Mas, e se fôssemos cartas de amor, de entrega, de renúncia e perdão? Se amássemos os não amáveis? Se fizéssemos o que o Pai fez por nós - o que esses pais fizeram por seus filhos? Parece ilógico - mas é amor de pai, é o amor do Pai. Ei, você é amado e você não merece. O Pai te ama, te coloca em casa e quer te dar um futuro - talvez você não tenha matado, roubado ou se prostituído. Mas você sabe que não é bom. Você sabe que não é digno de amor. Mas o Pai te amou primeiro - e nós podemos amar depois de receber esse amor.
FIM.


Da Redação

Nenhum comentário: