Plantão

Institutos de Pesquisa "baixam a guarda" e já tentam esconder os "absurdos" que propagavam; Por Eduardo Negrão



Repentinamente, a diferença entre os candidatos Lula e Bolsonaro começa a despencar...


O ex-presidente tem 40% das intenções de voto em 1º turno para a Presidência da República, contra 32% do atual ocupante da cadeira.


A diferença recuou para 8 pontos.


O dado foi revelado por pesquisa 'PoderData' realizada de 27 de fevereiro a 1º de março de 2022. Em seguida vêm Ciro Gomes (PDT), com 7%, e Sergio Moro (Podemos), com 6%. Os dois estão tecnicamente empatados, considerando-se a margem de erro de 2 pontos percentuais da pesquisa.


A pesquisa foi realizada pelo PoderData, com 3.000 entrevistas, de 27 de fevereiro a 1º de março de 2022. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%.


Lula, como sempre, tem os seus maiores percentuais na região Nordeste (50%) e entre eleitores com renda familiar de até dois salários mínimos (48%). Bolsonaro empata com o petista na região Sudeste (os dois têm 35%) e lidera no Centro-Oeste com 43%. Bolsonaro também tem desempenho superior entre o eleitorado evangélico.


Pelo jeito, as pesquisas já estão tentando amenizar a imagem "imbatível" que criaram de Lula.

Enquanto isso, Bolsonaro segue avançando...

Nenhum comentário: