Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

02 novembro 2021

Bancada do Podemos defende afastamento de Alcolumbre da presidência da CCJ



Em nota divulgada nesta segunda-feira, 1º, a bancada do Podemos no Senado Federal defende o afastamento do senador Davi Alcolumbre da presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) após denúncia contra o parlamentar. O pedido acontece após a revista Veja publicar uma reportagem mostrando que o político teria empregado servidoras fantasmas em seu gabinete pelo período de cinco anos. Segundo o texto, Alcolumbre teria levantado pelo menos R$ 2 milhões com a prática, considerada ilegal. Seria uma espécie de rachadinha, esquema em que parlamentares contratam pessoas para trabalhar em seus gabinetes mediante o recolhimento de parte do salário. Ainda no comunicado, a legenda aponta que o afastamento da presidência da CCJ vai permitir ao senador “se defender de maneira plena”, sem prejuízo aos trabalhos da comissão.



Uma notícia-crime que pede a apuração da situação foi apresentada ao Supremo Tribunal Federal pelo senador Alessandro Vieira. O Podemos também informou que as denúncias também serão investigadas pelo Conselho de Ética do Senado. Davi Alcolumbre, também em nota, disse estar “sofrendo uma campanha difamatória sem precedentes”. “Nunca, em hipótese alguma, em tempo algum, tratei, procurei, sugeri ou me envolvi nos fatos mencionados, que somente tomei conhecimento agora, por ocasião dessa reportagem. Tomarei as providências necessárias para que as autoridades competentes investiguem os fatos”.



*Com informações do repórter Fernando Martins

Nenhum comentário: