Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

25 novembro 2021

Ao fugir de polarização Lula x Bolsonaro, Efraim se adéqua à critério de João e seu candidato a presidente é Mandetta



O deputado federal e pré-candidato ao Senado Federal pela Paraíba, Efraim Filho (União Pelo Brasil) está decidido a disputar a majoritária ao lado do governador João Azevêdo (Cidadania), tanto é que já articula para cumprir o primeiro requisito estipulado pelo gestor – o de não apoiar a reeleição do presidente Bolsonaro (PL) em 2022.



Durante entrevista nesta quarta-feira (24), o parlamentar destacou que não optará por Lula (PT), por Bolsanaro (PL), tampouco pelo ex-juiz Sérgio Moro (Podemos), mas sim pela indicação do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, do União Pelo Brasil, como opção para o país.



O governador tem dito que não quer dividir a chapa com alguém que apoie a gestão do presidente e esse requisito Efraim deve cumprir sem maiores atropelos.



“O União Brasil hoje tem um ar de independência, de autonomia, tem o nome de Luiz Henrique Mandetta colocado como opção aí na pré-campanha e é com essa realidade que a gente tem trabalhado”, disse.



No tocante ao fato de o deputado federal Julian Lemos, que também é filiado ao União Pelo Brasil, flertar com o ex-juiz Sérgio Moro, Efraim disse que o ex-juiz pode ser uma opção na disputa, mas seu partido tem trabalhado consolidar o nome de Mandetta.



“Moro é uma alternativa, está colocado por outro Podemos, tem nosso respeito, mas o União Brasil hoje tem trabalhado a pré-campanha de Mandetta, ex-ministro da Saúde”, explicou.



Sobre como se posicionaria em um eventual segundo turno entre Lula e Bolsonaro, Efraim preferiu não fazer previsões.



“Eu vou trabalhar para que o candidato do União Brasil, o ex-ministro Mandetta, esteja no 2º turno. Não dá para trabalhar em cima de hipóteses”, concluiu.


PB Agora

Nenhum comentário: