Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

12 agosto 2021

Pacheco rejeita analisar voto impresso no Senado



O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) disse nesta 4ª feira (11.ago.2021) que não retomará o assunto do voto impresso na Casa. Para ele, o tema está “resolvido” com a decisão do plenário da Câmara, que, ontem, rejeitou uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que instituiria um comprovante impresso acoplado às urnas eletrônicas.


O senador declarou que, como os deputados já se posicionaram sobre o tema, derrotando-o, não há necessidade de revisitar a matéria.


“Considero que o pronunciamento da Câmara torna a questão definitiva e resolvida, não cabendo ao Senado qualquer tipo de deliberação ou tramitação de matéria com mesmo objeto“, declarou Pacheco.


Ele disse que decidiu se pronunciar sobre o tema depois de ser indagado por jornalistas sobre a possibilidade de o Senado pautar para votação uma PEC de 2015 que ainda tramita na Casa.


Na 3ª feira (10.ago), ao perceber a derrota iminente da PEC do voto impresso, o líder do PSL na Câmara, Major Vitor Hugo (GO), aventou a possibilidade de resgatar a proposta de teor semelhante que tramita no Senado como forma de evitar que o tema fosse enterrado definitivamente.


A votação na Câmara terminou ontem com 229 votos a favor e 218 contra o voto impresso. Apesar de ter havido mais votos favoráveis, a PEC precisaria de ao menos 308 votos para ser aprovada em 1º turno. Com o placar, foi ao arquivo da Casa.


Em seu pronunciamento nesta 4ª, Pacheco reiterou sua confiança na Justiça Eleitoral, “sem qualquer tipo de fato que possa ser apontado em relação a fraude“.


“Renovo minha confiança no Tribunal Superior Eleitoral e na Justiça Eleitoral, e que tenhamos a normalidade do processo eleitoral no ano de 2022, pilar que é da democracia e do estado democrático de direito“, completou.



Poder 360

Nenhum comentário: