Plantão

Compre no AMAZON

Os Melhores Preços no AMAZON

07 julho 2021

Sem provas, Omar Aziz faz acusações contra "membros" das Forças Armadas



“Fazia muitos anos que o Brasil não via membros do lado podre das Forças Armadas envolvidos com falcatrua no lado do governo”.

Com esta afirmação, o senador Omar Aziz, presidente da CPI da Pandemia, sem provas, sem materialidade e com base somente em narrativas, acusou abertamente supostos "membros das Forças Armadas de participação em eventuais esquemas de corrupção no governo federal.

A fala, em sessão do colegiado, na manhã desta quarta-feira (7), foi imediatamente repudiada pelo senador Marcos Rogério, que chamou a atenção para a leviandade da acusação feita por Aziz.

“Não se pode partir da premissa de que alguém que vem aqui e acusa esteja 100% com a verdade, sem apresentar provas. Senadores nesta comissão e no parlamento são acusados também, e muitas vezes saem em defesa, justamente nesta mesma direção”, disse o parlamentar, escancarando os “dois pesos e duas medidas”, utilizados pelos parlamentares de oposição, quase todos sob investigação ou com inquéritos por suspeita de corrupção em andamento.

Marcos Rogério, indignado, também comentou o fato em seu Twitter:

"Depois de atacar a PF, agora a CPI faz acusações contra as Forças Armadas. E acusam como se houvesse uma verdade absoluta, sem concluir qualquer apuração. Cada dia fica mais claro o real interesse do G7. Já há um inimigo definido com carimbo no peito de culpado"!

Omar Aziz parece mesmo estar cheio de coragem, pois se junta ao grupo que “tem cutucado a onça com vara curta”.

Fica o alerta - se ela resolver “beber água”, acaba com esta CPI do Circo!

Veja o vídeo:

  • Jornal da cidade online

Nenhum comentário: