Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

08 julho 2021

Jovem natural de Ibiara no Sertão da Paraíba, tem poema recitado pela atriz Regina Duarte; Veja Vídeo!

  
Jovem natural de Ibiara no Sertão da Paraíba, Edcarlos Bezerra da Silva, de 26 anos de idade, reside na cidade de Joinville, estado de Santa Catarina, onde trabalha de operador de logística em uma fábrica. Edcarlos foi criado pela avó, Antônia Ribeiro de Lima, com o falecimento da sua avó, Edcarlos foi morar com o pai, depois passou a morar com as tias. Edcarlos acha, que seu talento, foi herança herdada do Pai, que alias, tocava viola, fazia versos, em fim. Em uma oportunidade quando ainda morava na cidade de Ibiara em 2015, Edcarlos conheceu o Padu da Banda Uz Frajolas em uma noite de festa na cidade, depois desse encontro, Edcarlos compôs uma musica para a Banda, que se chama, “Anjo que caiu do céu” e Uz Frajolas laçaram a música. Ouça...

  


Em contato com o Portal Conceição PB Online, o Edcarlos, um Jovem sonhador, sempre gostou de escrever, com um dom afinado em fazer poesias, frases românticas, reflexões, composições de musicas, otimismo e muitos outros temas, uma inspiração totalmente natural. Foi nessas inspirações do Edcarlos, que a famosa atriz Regina Duarte publicou em sua rede social poesia do Jovem sonhador.

“Eu vi no concurso a oportunidade de homenagear minha querida avó, Antônia Ribeiro e compartilhar meu trabalho para o mundo. Graças a Deus, a atriz me deu a felicidade de recitar o meu poema.” Disse o poeta/escritor, é assim que algumas pessoas chamam ele.

Em um concurso que a Atriz Regina Duarte participou, tinha como objetivo a criação de poemas para mães, avós, e outros membros da Família, em parceria com um grupo “maternidade e poesia”, foi daí que Edcarlos fez uma poesia para à avó e mandou, para a surpresa, do ibiarense Edcarlos, um dos poemas de autoria própria, foi escolhido e recitado pela atriz Regina Duarte e postada no Instagram pessoal dela. Regina interpretou com toda sua emoção com toques de saudades, “Maternidade e Poesia é a mulher que me tornei”.


 


Da Redação do Conceição PB Online

Nenhum comentário: