Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

05 junho 2021

"A bola e a hipocrisia", Por João Filho



Qual seria mesmo o motivo genuíno (que não envolva cinismo e hipocrisia) para não acontecer a Copa América no Brasil? 

Por que a seleção brasileira não iria para a Colômbia (muita violência) ou para a Argentina (muita Covid)? 

Ora, não irão para tais países "jogar sua bolinha", devido às decisões dos países, pelos motivos já elencados, mas por eles mesmos (seleção e "comissão TITE"), iriam tranquilamente, não se questionou a violência (por motivos políticos) ou segurança em saúde (Covid), situação ainda reinante em grande parte do mundo. 

Só depois que o Brasil aceitou sediar a dita  Copa (situação de última hora, mas que analisada dentro do contexto dos protocolos adotados e exigidos pelas autoridades brasileiras, passíveis de execução), se viu a oportunidade de polemizar o que já haviam aceitado de bom grado e com todos os riscos inerentes. (Toda farra tem risco, mas casa do outro é melhor! rsrsrsrs). 

Ora, como estão nossos eventos futebolísticos AQUI? 

Os campeonatos no Brasil estão paralisados?

Não houve a final do brasileiro 2020, início e sequência do Brasileirão 2021? 

Não está acontecendo a Copa Do Brasil? 

Houveram os campeonatos estaduais? 

Ainda seguirá a Copa Libertadores?

Ônibus, trens e metrôs estão vazios? 

Sem baladas e festas superlotadas nas quebradas? 

Eu só desejaria que nosso povão brasileiro tivesse todo o aparato de cuidados que  jogadores, dirigentes, equipes técnicas e imprensa têm! 

São testados, e cercados de todas as prevenções, muitos já vacinados etc... 

E nós o que temos senão mera parcela de todos esses privilégios? 

Será que o muido todo é porque o Presidente da República aceitou sediar a dita copa? 

Menos hipocrisia, menos politicagem nojenta e mais verdade em suas hipócritas, dissimuladas e desonestas opiniões! (sei que pedir isso é pedir o impossível para gente sem vergonha, pois opinar e analisar os assuntos, sem deixar transparecer seu ladismo sacana, não lhes é concebível- seu mau caráter aflora na hora). 

Aí vem o Tite (que obviamente é contrário ao atual Presidente e deve ser fã do ladrão de nove dedos), tentando manipular seus atletas (na verdade, nossos e donos de si - se tiverem moral para isso), com sua opinião escorregadia, típica dos hipócritas de plantão, que primeiros criam a narrativa, para só depois se posicionar. É incompetente qual técnico e como pessoa prepotente e incapaz de uma análise que fuja ao ideologismo barato e nocivo.

Penso em dar ao breve texto o título: "A bola e a hipocrisia" ou "Tite, o hipócrita". Fique à vontade para escolher!


Por João Filho, Professor efetivo na Secretaria de Educação do Estado da Paraíba e na Secretária de Educação do Município de Conceição-PB, Graduado em História, especializado em História da Arte, Mestrando em Ensino de História, graduando em Direito e Jornalismo.

Nenhum comentário: