Plantão

Compre no AMAZON

Os Melhores Preços no AMAZON

18 maio 2021

"Pessoas estão passeando e transmitindo a Covid-19 sem saber. Isso é preocupante", alerta diretora de vigilância



Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, desta terça-feira (18), a diretora de Vigilância em Saúde de João Pessoa, Alline Grisi, alertou sobre a preocupação com o aumento dos casos de Covid-19 identificados durante ação itinerante no Busto de Tamandaré nos últimos dias. Segundo ela, foram aplicados testes rápidos IgG, IgM e Swab que identificam se a pessoa está com o vírus ou não. 

Conforme apurou o ClickPb, a gestora explicou que por conta do aumento de casos positivos, o programa itinerante 'Consultório na Rua' irá percorrer outros bairros e que as pessoas estão passeando e transmitindo o vírus sem saber que estão doentes. Fizemos 140 testes, 40 Swabs e 100 testes rápidos com 12 positivos. Desde sábado que estamos vendo o aumento de casos. Isso assusta sim, pois essas pessoas que fizeram os testes estavam passeando na orla sem saber que estão doentes. Estão em um momento de transmissibilidade. É algo que nos preocupa', alertou. 

De acordo com ela, o projeto 'Consultorio na Rua" que realiza os testes se estenderá para outros locais devido o aumento dos casos identificados, como forma de ajudar no combate acerca da proliferação da Covid-19. "A partir de semana que vem o ônibus irá circular pelos bairros mais populosos", destacou. 

Nesta terça-feira (18), foi aberto outro ponto de atendimento a população no Centro de Referência a Assistência Social (Cras) de Jaguaribe, que ficará atendendo diariamente, das 8h às 12h. Já o posto itinerante, o Consultório de Rua, ficará no Busto de Tamandaré até a próxima sexta-feira (21) e depois irá percorrer outros bairros da Capital.

A gestora criticou a falta de conscientização da população, e disse que passeios na orla sem respeitar as medidas sanitárias são um risco para a proliferação do vírus. "As pessoas precisam respeitar. Eu acho que essas pessoas que estão passeando, tirando máscaras, e que não se importam com a pandemia, talvez não tenho perdido nenhum ente querido", desabafou.


Por Emmanuela Leite

Nenhum comentário: