Plantão

Compre no AMAZON

Os Melhores Preços no AMAZON

17 maio 2021

João Azevedo se reúne com Secretaria da Saúde para planejar novo decreto com restrições, na Paraíba


O governador João Azevêdo anunciou que se reunirá, nesta segunda (17) e terça-feira (18), com a equipe da Secretaria de Estado da Saúde para planejar o novo decreto com restrições, diante do aumento da transmissão do coronavírus na Paraíba. A declaração foi dada no programa Conversa com o Governador, na rádio Tabajara, nesta segunda-feira.

"Estaremos hoje e amanhã, em reunião, discutindo com todos os profissionais da área de Saúde exatamente quais são as medidas necessárias, considerando que nosso decreto tem validade até o dia 19", explicou o governador.

João Azevêdo disse que o Governo do Estado não vai hesitar em tomar medidas contra o contágio pelo coronavírus, restringindo circulação e aglomerações. "Tomaremos todas as medidas necessárias, havendo necessidade e os números indicarem dessa forma, para que a gente possa restringir, mais uma vez, um pouco a circulação das pessoas e, claro, fazer com que os números voltem a cair."

Ainda segundo o gestor, quando há descuido nas precauções, os números da Covid-19 voltam a subir. "Por mais que os sinais sejam dados no sentido de que há uma estabilização de casos, não podemos relaxar. A qualquer momento, se houver maior circulação por parte da população, se houver a falta de uso de máscaras, se houver o relaxamento por parte da população do distanciamento social, os números voltam a subir. Esse é um processo natural da própria doença. A doença tem o seu contágio através das gotículas de saliva que saem da boca de qualquer pessoa que esteja contaminada. Então se você não está usando máscara e está próximo das pessoas, vai provocar o contágio."

Ele pontuou que a taxa de transmissão acima do número 1 indica aumento de casos de infectados pelo vírus. "Quando você tem a taxa de transmissão acima de 1, você faz com que os casos aumentem. A Paraíba teve, durante um bom momento, no mês passado, uma queda significativa de casos. Entretanto, muitas vezes a população quando assiste pela mídia "o estado está azul", acha que realmente tudo passou. Não é verdade para essa doença. Essa é uma doença traiçoeira. Ela se mantém muito viva. Nós só vamos essa condição (de tranquilidade) quando tivermos aí 70% a 80% da população brasileira vacinada. E estamos muito longe disso."

João Azevêdo alertou que os cuidados devem ser tomados até por quem já foi vacinado com as duas doses. "Precisamos entender que os cuidados têm que permanecer absolutamente os mesmos, até para quem já tomou as duas doses da vacina porque as duas doses da vacina protege para que você não tenha a forma grave da doença, protege para que você não precise ser hospitalizado, chegando até a UTI. Entretanto, se você pegar a doença, mesmo de forma leve, você pode transmitir para outras pessoas."

Ele também lembrou que, na 25ª avaliação do Plano Novo Normal, 10 municípios paraibanos estão em bandeira vermelha, 153 em bandeira laranja e 60 com bandeira amarela, além de não haver nenhum em bandeira verde.



Por Lucas Isídio

Nenhum comentário: