Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

05 maio 2021

Chelsea despacha o Real e fará final inglesa na Champions com o City

A final da maior competição de clubes do mundo está definida. E ela será entre dois times ingleses, já que nesta quarta-feira (5) o Chelsea venceu o Real Madrid por 2 a 0, em Londres, e tentará o bicampeonato da Champions League. Na ida, as equipes empataram em 1 a 1.

O rival na decisão será o Manchester City, que na terça despachou o Paris Saint-Germain, vencendo por 4 a 1 no agregado dos dois jogos. A final está marcada para o dia 29 de maio, em Istambul, na Turquia.

Os times, aliás, se enfrentam no próximo sábado, em jogo que pode garantir o título inglês para os comandados de Pep Guardiola.

Chelsea sai na frente
Apesar da vantagem do empate, o Chelsea foi mais perigoso o tempo todo. No primeiro tempo, as melhores chances caíram nos pés (ou na cabeça) de Timo Werner. Na primeira delas, ele completou cruzamento da esquerda e mandou para o gol, anulado após ele ser flagrado em impedimento.

Aos 27, o alemão não perdoou. Kanté fez boa jogada e tocou para Havertz, que, de cavadinha, acertou o travessão. No rebote, livre de marcação, Werner marcou de cabeça.

Zidane inova em escalação e Real vai mal
Pelos lados do Real, o brasileiro Vini Jr, deslocado para o lado direito, não se encontrava, assim como Hazard, que ganhou uma oportunidade no time titular. As melhores oportunidades eram criadas em chutes de longe. Mas o goleiro Mendy mostrava segurança para defender. Ele pegou também uma cabeçada perigosa de Benzema.

Ingleses dominam 2º tempo e confirmam vaga
O segundo tempo começou e a impressão é que os ingleses é que precisavam da virada. E perderam um "caminhão de gols". Logo no primeiro minuto, Havertz cabeceou no travessão. Aos 8, Mount tabelou com Werner e bateu em cima de Courtois.

Cinco minutos mais tarde, novamente o goleiro belga salvou o Real, defendendo chute de Havertz. Aos 20, em contra-ataque, Kanté bateu cruzado e Valverde, de carrinho, evitou o gol.

Maior campeão da Champions, com 13 taças, o time espanhol seguiu muito mal. E, para fazer justiça, o Chelsea confirmou a classificação com um gol nos minutos finais. Havertz cruzou da direita e Mount mandou para o gol.


 Felippe Scozzafave, do R7

Nenhum comentário: