Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

17 abril 2021

Fernanda Lima esclarece que Rodrigo Hilbert não construiu capela sozinho

Fernanda Lima, 43, resolveu explicar melhor a história da capela construída pelo marido, Rodrigo Hilbert, para o casamento dos dois. 

Na época em que a notícia saiu, durante uma entrevista do casal ao Fantástico (Globo) para falar do programa Bem Juntinhos (GNT), ele chegou a virar meme.

"É preciso dizer que, no Fantástico, quando eu falei que o Rodrigo construiu a capela e me pediu em casamento, eu não falei que ele fez com as próprias mãos", explicou ela ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha. "Eu falei que ele construiu, mas, na verdade, como quando a gente constrói uma casa, a gente chama outras pessoas."

Ela também disse que a capela foi feita há uns 7 ou 8 anos. "Eu não falei que ele construiu com as próprias mãos cada tijolo, pintou e tal", continuou. "Não foi isso que eu disse, vocês que entenderam assim (risos). Ele construiu junto com outras pessoas! Tem uma coisa importante de falar também que é: a gente nunca está sozinho. Estou falando por ele, de repente ele vai ouvir e nem vai gostar do que eu estou falando. Mas é importante lembrar que tem outras pessoas, parceiros, amigos, que podem colaborar para esses projetos."

Mesmo assim, a apresentadora elogiou o marido e tentou desvendar de onde vem a habilidade do marido. "Rodrigo realmente é um cara muito prendado, que vem de uma origem bastante humilde, como grande parte dos brasileiros", contou. "A vida não é fácil, e as pessoas mais humildes tem que saber fazer isso. Então o Rodrigo vem de um lugar em que ele tinha que saber fazer isso. Claro, ele tem alguns atributos por ser um cara muito lindo, por estar na televisão e tal."

Lima revelou que foi ela quem escolheu a bermuda branca que o marido usou na cerimônia. "Como eu armei essa história bem organizadinha, e a gente estava em uma situação de pandemia, que a gente não se preparou, foi para o sítio usando o que tinha lá, não tinha muita roupa", disse. "Como eu organizei para todo mundo estar de branco, ele também não tinha roupa branca. Eu olhei no armário dele e, de fato, só tinha essa bermuda. Que é assim, um trapo."

"Eu separei a bermuda porque eu não ligo para essas coisas, eu estava achando tudo muito divertido dessa maneira", contou. "Tanto que as crianças também não tinham roupa branca, um estava com uma camisa minha e o outro eu nem lembro o que coloquei, mas fui catando o que tinha de branco. Foi o que deu, não é que ele colocou a bermuda de futebol porque ele escolheu, era a única que tinha."

A cerimônia foi uma surpresa para Hilbert, que estava dormindo enquanto a amada preparava tudo com os filhos. "Até ele acordar, foi uma correria. Eu tinha juntado por um mês folhas secas para jogar dentro da capela, eu tinha separado a bebida, o bolo, tudo escondido, tudo correndo", disse. "Quando ele foi dormir, foi tipo: 3, 2, 1, ele foi dormir, vai! E fomos organizar tudo, foi uma puta adrenalina."

"Fui para o meu lugarzinho de ioga, me maquiei um pouco, arrumei a roupa, o cabelo, arrumei os meninos, nos organizamos", contou. "A gente tinha aqueles walkie talkie, foi muito engraçado, parecia uma cena de filme. Ficamos esperando atrás do barquinho até entrar, eu e os meninos super nervosos, parecia que tinha cinco mil pessoas. A gente estava super emocionado, porque nunca conseguimos pegar ele em nenhuma surpresa."

A ideia surgiu após a apresentadora perder o pai, Cleomar Lima, que foi vítima da Covid em julho de 2020. "Nunca me dei muito bem com essa história de casamento, fui prorrogando", admitiu. "Pensávamos: 'Vamos fazer só para nossa família'. E nunca calhava de estar nossa família toda. E daí por conta dessa tristeza de ter perdido meu pai, comecei a entrar numas de que a gente só tem o hoje, sabe?"

"E quem a gente tem a gente precisa valorizar, precisa celebrar", avaliou. "Eu queria que minha mãe estivesse lá, eu queria que minha sogra estivesse lá, mas não tinha como. Então eu falei: 'Eu vou fazer desse jeito porque eu quero esse registro para nossa vida, acho que isso vai nos unir mais, vai ser um momento especial para eles'."


Folhapress

Nenhum comentário: