Últimas Notícias

Presidente do Grupo São Braz, José Carlos da Silva Júnior morre aos 94 anos em decorrência da Covid-19

O presidente do Grupo São Braz e proprietário das TVs Cabo Branco e Paraíba, José Carlos da Silva Júnior, morreu na manhã desta sexta-feira (5) em decorrência da Covid-19. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, e não resistiu a uma parada cardiorrespiratória. José Carlos tinha 94 anos, foi vice-governador da Paraíba e senador. Era viúvo e deixa três filhos, Ricardo Carlos, Eduardo Carlos e Eliane Freire.

José Carlos da Silva Júnior nasceu em Campina Grande, em 16 de junho de 1926. Filho de José Carlos da Silva e Maria Rosa da Silva, formou-se em contabilidade e construiu a vida profissional como empresário nos segmentos de alimentos, comunicação e automotivo.

Em 1982, foi convidado a disputar o cargo de vice-governador na chapa de Wilson Braga pelo Partido Democrático Social (PDS), na ocasião, derrotou Antônio Mariz na disputa eleitoral. Quatro anos depois, em 1986, deixou o cargo após a desincompatibilização de Braga, que disputaria uma vaga no Senado Federal pela Paraíba.

Como suplente, assumiu a vaga de senador nos anos de 1996, 1997 e 1999, após licenças de Ronaldo Cunha Lima. Em seus discursos, sempre defendeu melhorias à conjuntura econômica nordestina e brasileira, com destaque para sua atuação como membro da Comissão Especial que estudou as causas da pobreza no país, em outubro de 1999.

Além da atividade política, José Carlos da Silva Júnior também participou ativamente de importantes entidades do setor industrial. Foi presidente da Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), do Sindicato do Milho, Torrefação de Café e Refinação do Sal do Estado da Paraíba; vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep); diretor da Bolsa de Mercadorias da Paraíba, além de ter integrado os conselhos da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e da Associação Comercial de Campina Grande.

José Carlos da Silva Júnior dedicou toda a vida ao trabalho e ao empreendedorismo — Foto: Reprodução/TV Globo

José Carlos da Silva Júnior dedicou toda a vida ao trabalho e ao empreendedorismo — Foto: Reprodução/TV Globo

Uma vida dedicada ao trabalho

No comando de uma empresa sexagenária, que está entre as mais respeitadas do Nordeste no ramo alimentício, José Carlos da Silva Júnior dedicou toda a vida ao trabalho e ao empreendedorismo.

O empresário começou sua vida profissional trabalhando com seu pai José Carlos da Silva em uma pequena torrefação de café que daria início ao legado da São Braz. Ele foi o único dos filhos que acompanhou os investimentos do pai e foi considerado o grande responsável pelo sucesso da marca.

Memória Globo: José Carlos da Silva Júnior
--:--/--:--

Memória Globo: José Carlos da Silva Júnior

A pequena empresa, que era comandada por José Carlos da Silva Júnior e o pai, cresceu e se consolidou e em 1938 comprou a marca que pertencia a um concorrente, o Café São Braz, nome que mais tarde passaria a ser a razão social do grupo. Com o passar dos anos, a empresa entrou no ramo alimentício e sua produção foi aumentando.

A São Braz está presente em todos os estados do Nordeste e também no interior de São Paulo. A dedicação ao trabalho e ao desenvolvimento econômico regional e nacional fez com que, ao longo de sua vida, José Carlos da Silva Júnior fosse homenageado com aproximadamente 20 medalhas e prêmios como o diploma José Ermírio de Moraes. As honrarias vieram de entidades industriais, comerciais e culturais da Paraíba e de outras partes do Brasil.

Autoridades lamentam morte do empresário

  • Governador da Paraíba João Azevêdo: "Embora sua trajetória profissional tenha sido construída como empresário nos segmentos de alimentos, comunicação e automotivo, José Carlos da Silva Júnior também atuou na política chegando ao cargo de vice-governador da Paraíba, conquistado ao lado de Wilson Braga, em 1982. Ele ainda foi eleito suplente de senador, assumindo a vaga nos anos de 1996, 1997 e 1999. Neste momento de perda e de despedidas, o governador João Azevêdo se solidariza com todos os seus familiares e amigos e externa suas condolências."
  • Cícero Lucena, prefeito de João Pessoa: "Nesse luto interminável que vem sendo a nossa vida atualmente, recebi com o coração partido a notícia da morte do meu amigo e irmão de tantas lutas, José Carlos da Silva Júnior, ex-senador da República, presidente do Grupo São Braz e proprietário das TVs Cabo Branco e Paraíba. Vá em paz, meu amigo. Todos sentiremos muito a sua falta."
  • Vitor Hugo, prefeito de Cabedelo: "Além de empresário, também teve grande atuação política como vice-governador e Senador da República. Zé Carlos tem diversos serviços prestados a nossa Cabedelo, onde montou a sede do Grupo São Braz, e é grande apoiador de vários projetos, além de um importante gerador de empregos. Aos amigos, familiares e admiradores, os meus mais profundos sentimentos. Que Deus o receba de braços abertos e conforte os corações dos que aqui ficaram."
  • Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB): “Recebemos a notícia da morte do amigo José Carlos com profunda tristeza. Infelizmente, ele é mais um a perder a vida vítima dessa doença que vem causando tantas dores a milhares de famílias. José Carlos era um homem íntegro e um empresário com serviço bastante relevante para a Paraíba. Além disso, atuou muito bem na política do nosso estado, onde foi senador e vice-governador”, destacou o presidente Adriano Galdino.
  • Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa: "A Paraíba está de luto. Perdemos hoje um grande paraibano, o empresário José Carlos da Silva Júnior, presidente do Grupo São Braz. José Carlos, ao longo da vida, se transformou em modelo de empreendedor e grande entusiasta do desenvolvimento econômico do Estado. Trilhou, na vida empresarial, um caminho de sucesso que serve de inspiração para todos os paraibanos."
  • Senador Veneziano Vital: "Meus mais sinceros sentimentos de pesar pelo falecimento, nesta sexta-feira, do empresário José Carlos da Silva Júnior. Um homem de visão e grande empreendedor, que muito contribuiu para o desenvolvimento de nossa terra; além de ter dado sua contribuição também como homem público."

Comente aqui com o Facebook: