Plantão

22 fevereiro 2021

João Azevêdo defende "choque" com mais medidas de restrições na Paraíba para evitar colapso de hospitais

O governador da Paraíba, João Azevêdo, está defendendo a implementação do Plano Novo Normal Paraíba para evitar um colapso no sistema de saúde do estado com o avanço dos casos de covid-19. 

Atualmente a Paraíba possui 138 cidades em bandeira laranja, além de seis em bandeira vermelha, onde as restrições devem ser ainda mais severas.

João Azevêdo defende que bares e restaurantes voltem a funcionar apenas com delivery, e que casas de eventos, igrejas, escolas e a orla de João Pessoa sejam fechados por 15 dias, prazo em que será feita uma nova avaliação da situação da pandemia. Também deve haver toque de recolher.

O governador se reúne, às 9h desta segunda-feira (22), com os representantes da Secretaria de Estado da Saúde e de diversos órgãos do setor sanitário do Estado, bem como da Procuradoria Geral do Estado, para definir as ações de enfrentamento da pandemia, mas já adiantou que esses serão alguns pontos discutidos no encontro.


Assessoria

Nenhum comentário: