Últimas Notícias

YouTube Music agora permite baixar listas de reprodução inteiras

A novidade chegou sem aviso e foi anunciada ao mundo através de um post no Reddit: agora, usuários gratuitos do YouTube Music podem baixar listas inteiras de reprodução com músicas previamente migradas ou enviadas, de uma vez só. O recurso já existia, mas apenas para o download faixa por faixa – baixar tudo de uma vez não era possível (nem mesmo as músicas próprias, migradas do Google Play Music).

Quem notou a novidade foi o usuário u/TheOvy. Segundo ele, “percorrendo uma longa lista de reprodução, ela não estava mais carregando aos poucos, mas na íntegra. Surpreso com a mudança, decidi apertar o botão Download e ver se ele também havia mudado... E mudou!”.

. 9toGoogle/Reprodução 

Desde o anúncio de que o Google Play Music seria descontinuado, quem tinha extensas bibliotecas na plataforma se viu impedido de baixar suas próprias listas de reprodução para ouvir offline, a não ser a conta-gotas. Quem experimentou a nova funcionalidade confirmou que ela está disponível tanto para Android como para iOS.

Chart por país

Outra novidade que chegou à plataforma de streaming de música é a seção YouTube Charts, que mostra as músicas mais populares em 57 países. É possível saber quais músicas são as mais tocadas na Austrália, em Israel ou na Sérvia – antes, as músicas mais populares apareciam em conjunto, em um único Top 100.

O YouTube Music está incorporando aos poucos as funcionalidades do finado serviço de streaming. Alguns recursos já estão disponíveis, como a possibilidade de pedir ao Assistente do Google que toque listas de reprodução pessoais ou a visualização de letras de música na web. Já é possível também integrar o serviço à Android TV.

Este é o último mês para os usuários migrarem o conteúdo do Google Play Music para o YouTube Music. A plataforma antiga já está desativando alguns recursos e removendo as primeiras integrações. Não é mais possível comprar músicas e o streaming via Google Assistente já não está disponível.



Android Police

Comente aqui com o Facebook: