Últimas Notícias

Padre José Gilmar confessa que mentiu sobre sequestro; Ele disse ter sofrido extorsão por fotos intimas

A Polícia Civil informou nesta segunda-feira (26) uma nova linha de investigação sobre o caso do padre José Gilmar que ficou desaparecido na Paraíba. Ele estava em uma Praia de Nudismo na Paraíba, chamada Tambaba.

Ele foi encontrado vivo às margens de uma rodovia no Litoral Sul do estado, na sexta-feira (16).


De acordo com o delegado Luciano Soares, o padre confessou ter mentido sobre ter sido sequestrado e afirma ter sofrido extorsão por fotos intimas do padre. Segundo ele, o religioso será autuado por falsa comunicação do crime.
            

O delegado disse ainda que pessoas haviam feito uma cobrança de R$ 50 mil na redes sociais e, alegando desespero, ele decidiu tirar a própria vida por meio de afogamento.

De acordo com Luciano, o padre disse que viajou sozinho no carro para o Litoral Sul e tentou se afogar. Ele ficou dois dias dentro do carro, orando, e decidiu se entregar à polícia.

“Ele confessou que havia mentido no primeiro depoimento e que não foi sequestrado. Na verdade, o relato do mesmo é que ele estava sendo extorquido. Pessoas haviam feito a cobrança de R$ 50 mil na redes social e, num gesto de desespero, ele decidiu dar cabo a própria vida. Ele disse que viajou sozinho no carro para o Litoral Sul, tentou se afogar.

Nova investigação

“Nós estamos fechando esse inquérito com o indiciamento pela falsa comunicação do crime. A delegada responsável será Emília Ferraz. A nova versão, sobre a extorsão, será investigada”, pontuou.




Da Redação com Portal T5

Comente aqui com o Facebook: