Últimas Notícias

Cientistas dizem ter identificado nova mutação do coronavírus na Europa

Em estudo divulgado no último dia 28 de outubro, cientistas de vários institutos e universidades na Suíça e na Espanha afirmam ter identificado uma nova variante do novo coronavírus na Europa. A  mutação foi batizada de “20a.eu1”.

O estudo aponta que a nova “versão” do sars-cov-2 (coronavírus) surgiu em junho, no início do verão europeu, provavelmente na Espanha e se espalhou por vários países.

A pesquisa, no entanto, não diz se a segunda onda de contaminações por covid-19 que ocorre na Europa foi causada por essa nova mutação. O estudo apontou que a mutação está presente em 12 países da Europa, assim como em Hong Kong e na Nova Zelândia.

Vale destacar que a pesquisa com o resultado do estudo foi divulgada em uma plataforma de “pré-print”, ou seja, o texto ainda não foi revisado por outros especialistas, etapa na qual as revistas científicas avaliam a qualidade do trabalho e confirmam sua validade.

Pelo Twitter, a cientista Emma Hodcroft, da Universidade de Basileia, que é uma das autoras do estudo, disse não acreditar que essa mutação do coronavírus tenha algum impacto na imunização das vacinas contra a covid-19 que estão sendo testadas.


Terça Livre

Comente aqui com o Facebook: