Últimas Notícias

Grêmio perde do Caxias, mas conquista o tricampeonato gaúcho

O Grêmio é tricampeão do Gauchão. Na tarde deste domingo (30), o time dirigido pelo técnico Renato Portaluppi foi derrotado por 2 a 1 pelo Caxias, faturou mais um troféu estadual em razão da vantagem obtida na partida de ida, em Caxias do Sul (vitória por 2 a 0).

O confronto

O Grêmio ampliou a sua excelente vantagem na finalíssima com apenas 13 minutos, quando abriu o marcador. O atacante Everton carimbou a trave e o meia Diego Souza completou para o fundo das redes: 1 a 0.

Melhor em campo, o time tricolor gaúcho não dava chances ao Caxias e ditava o ritmo de jogo. Jean Pyerre assustou de fora da área e deixou o grito de gol preso na garganta dos gremistas.

Tímido no sistema ofensivo, a equipe grená pouco fazia. Nos minutos finais, quando conseguiu equilibrar o duelo, o Caxias empatou. No cruzamento de Ivan, Laércio cabeceou para vencer Vanderlei, 1 a 1.

Com a necessidade de marcar pelo menos dois gols, o Caxias se lançou ao ataque e foi premiado aos 8 minutos. Bruninho cruzou, Kannemann tentou cortar e a bola caiu dentro da rede, 2 a 1.

A virada deixou o duelo dramático. Irritado com a postura dos atletas, Renato perdeu a paciência na beira do campo e gritava a todo instante.

Na casa dos 37 minutos a chance de aniquilar a decisão caiu nos pés de Thiago Neves. Após sobra na área, o camisa 10 pegou de primeira e Pitol salvou.


Nos minutos finais, com a necessidade de marcar pelo menos mais um gol para levar o jogo nas penalidades máximas, Laércio aproveitou a pressão do Caxias e deu um biquinho na bola. Vanderlei se esticou todo e salvou com a ponta dos dedos.

Ficha técnica:


GRÊMIO 1 X 2 CAXIAS

Local: Arena Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 30/8/2020 – 16h
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Mauricio Coelho(RS)
VAR: Leandro Vuaden(RS)
Cartões amarelos: Luiz Fernando (GRE)
Gols: Diego Souza (13’/1ºT) Laércio (44’/1ºT) Bruninho (8’/2ºT)

GRÊMIO: Vanderlei; Bruno Ferraz, Geromel, Kannemann e Cortez; Darlan (Maicon, aos 44/2ºT), Lucas Silva (Thiago Neves, aos 32/2ºT) e Jean Pyerre (Luiz Fernando, aos 13/2ºT); Everton (Isaque, aos 13/2ºT), Alisson e Diego Souza (David Braz, aos 42/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.

CAXIAS: Pitol; Ivan, Laércio, Thiago Sales e Bruno Ré; Juliano, Marabá (Bruninho, ao 0/2ºT), Carlos Alberto (Yuri, aos 41/2ºT) e Diego Oliveira; Claudinho e Campanholo (Vinicius Baiano, aos 8/2ºT). Técnico: Rafael Lacerda.


Lance

Comente aqui com o Facebook: