Últimas Notícias

Bolsonaro vai ao RN para a entrega de casas populares em Mossoró

O presidente Jair Bolsonaro desembarcou na cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, para participar da inauguração do Residencial Mossoró I, novas habitações da Caixa Econômica Federal (CEF), na manhã desta sexta-feira (21).

Pela manhã, a comitiva presidencial fez a entrega de 300 unidades habitacionais integrantes do programa federal Minha Casa, Minha Vida. Na oportunidade, também foram entregues cinco veículos ABTS (Auto Bomba Tanque e Socorro), provenientes do Programa Nacional de Qualidade de Vida para Profissionais de Segurança Pública (Pró-Vida), do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

“Não tem preço a recepção que vocês nos fornecem. Isso é energia para que continuemos no caminho do desenvolvimento”, afirmou o presidente, ovacionado na chegada à cidade. “É uma satisfação voltar aqui, vê-los felizes e acreditando no nosso Brasil.”

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, participou da cerimônia e se emocionou por poder entregar as casas do Residencial Mossoró I. “Eu vivi a vida inteira com medo de perder a casa que meus pais conseguiram no BNH (Banco Nacional de Habitação)”, disse.

Em apoio a atitude de Bolsonaro, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, informou que no governo atual 600 mil famílias carentes receberam residências. “Um presidente que não rouba nem deixa roubar e que usa com correção os recursos públicos, se preocupando em ajudar as pessoas”, afirmou.

Os apoiadores o receberam com gritos de “mito” e levaram bandeiras do Brasil e faixas com escritos como “O Nordeste é Bolsonaro”.

Na comitiva, estavam presentes os ministros Tereza Cristina (Agricultura), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Fábio Faria (Comunicações).

Um fato curioso é que em Mossoró foram feitas 300 casas e gastou-se R$ 18,3 milhões para fazê-las. No maranhão, irão fazer 22 novas cabines para visitas íntimas em presídios do estado e gastarão R$ 1,6 milhões. Ou seja, cada casa sai por R$ 61 mil e cada cabine sai por R$ 72 mil.

Após cumprimentar alguns moradores locais, Bolsonaro anunciou ainda que saiu no Diário Oficial da União a posse da professora Ludmila Serafim como reitora da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa). “Parabéns, Rio Grande do Norte. O que liberta o homem e a mulher é o conhecimento.”

Após a cerimônia de cessão das residências, Bolsonaro e os ministros partiram para o município de Ipanguaçu, onde entregaram simbolicamente 23 sistemas de dessalinizadores na Comunidade Angélica.

As obras fazem parte do Programa Água Doce, que beneficiará cerca de 5,3 mil moradores da região. A concessão de crédito para a carcinicultura, criação de camarões em viveiros, será anunciada a fim de fortalecer a produção local.

Em Ipanguaçu, o Ministério da Agricultura entregará o Título de Domínio a mais de mil famílias assentadas em 13 municípios. A iniciativa ocorre por meio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), que também emitirá 750 contratos de crédito aos beneficiários da reforma agrária. Serão concedidos cerca de R$ 3,7 milhões a essas famílias agricultoras. (Fonte: Diário do Poder).

Comente aqui com o Facebook: