Últimas Notícias

Novo vídeo mostra, em 3D, como o coronavírus pode afetar os pulmões

A corrida para conter a pandemia do 

Médicos e demais profissionais da 

Enquanto isso, um médico da Faculdade de Medicina da Universidade de George Washington e Ciências da Saúde, nos 

Por meio de um vídeo tridimensional, o diretor de cirurgia torácica Keith Mortman demonstrou como o vírus afeta os pulmões do paciente. O vídeo foi feito utilizando tomografias digitais de um homem de 59 anos de idade, com quadro de hipertensão. Os danos são destacados em amarelo e, de acordo com o cientista, é uma característica marcante para os casos de covid-19.

Conforme visto no vídeo abaixo, os danos estão presentes em ambos os pulmões. 

No caso do homem do vídeo, ele chegou ao hospital com quadros de febre, tosse e dificuldade para respirar. Algum tempo depois, as dificuldades para respirar aumentaram, e ele teve de ser entubado com ventilação mecânica. O paciente foi, então, direcionado para um tratamento que utiliza uma bomba de circulação sanguínea para fazer com que o sangue retorne para a corrente sanguínea.

Tomografias relizadas em outros pacientes também demonstraram que a covid-19 parece, em algumas ocasiões, atacar os pulmões, gerando um colapso dos alvéolos pulmonares. Para pacientes com sintomas mais leves, o diretor suspeita que o dano seja apenas temporário, mas, para os pacientes com sintomas mais graves, Mortman acredita que seja possível que os danos sejam no longo prazo.

Ele acrescenta, ainda, que pessoas de todas as faixas etárias estão sujeitas a quadros graves ou leves: 

De acordo com ele, ainda é preciso mais estudos para entender os possíveis efeitos no longo prazo nos infectados. Para Mortman, o importante agora é fazer com que as diferentes gerações entendam o que está por trás da transmissão do vírus — e, dessa forma, colaborar com o distanciamento social e com o achatamento da curva.

Veja o vídeo a seguir.


Por Maria Eduarda Cury

Comente aqui com o Facebook: