Últimas Notícias

segunda-feira, 20 de julho de 2020

Governo pede à Fiocruz que divulgue cloroquina para tratamento inicial de covid-19

O Ministério da Saúde solicitou à Fiocruz, nessa quinta-feira (16/7), que recomende e divulgue o uso da hidroxicloroquina e cloroquina no tratamento precoce de pacientes com covid-19.
Em nota divulgada ontem, a entidade confirmou o recebimento do ofício e informou que “está ciente das orientações do governo sobre o uso ‘off label’ (quando o remédio é utilizado para uma indicação diferente daquela que foi autorizada pelo órgão regulatório) da cloroquina e da hidroxicloroquina contra a covid-19″.

A instituição também informou que “entende ser de competência dos médicos sua possível prescrição”.

Na semana passada um site reuniu 53 estudos internacionais de vários grupos científicos sobre o tratamento da cloroquina para o Covid-19 e identificou que os casos em que a utilizaram de maneira precoce, ou seja, no início do tratamento, 100% deles deram resultados positivos para uma melhora do quadro clínico.

Aqueles casos que deram algum resultado negativo, foram os que utilizaram o medicamento já em um estágio avançado da doença. Nesses casos específicos onde não trouxeram nenhum resultado positivo, também não trouxeram nenhum resultado negativo.

O medicamento ajuda no combate à doença provocada pelo coronavírus, isso porque ele age nas células, bloqueando os mecanismos de ação do vírus. Ainda, inibe a replicação viral ao alterar a capacidade da célula de produzir proteína. Quando a célula passa a produzir menos proteína, a replicação viral enfraquece. Portanto, a doença é mais branda.

O Governo brasileiro já recebeu dos EUA 2 milhões de comprimidos de hidroxicloroquina.



Terça Livre

Comente aqui com o Facebook: