Últimas Notícias

sábado, 27 de junho de 2020

Popular é encontrado morto com as mãos amarradas e mordaço

Um homem, ainda sem identificação, foi assassinado com tiros de pistola e de escopeta calibre doze, na madrugada de hoje, 25 de junho, na Rua José Ribamar Barreto de Carvalho, no conjunto Wilson Rosado em Mossoró no Rio Grande do Norte.

No meio da rua, cápsulas de pistola 380 e próximo ao corpo, cerca de 05 cartuchos de escopeta calibre doze, todos deflagrados.

O homem está com um short jeans e uma camisa do Flamengo. Ele não mora no bairro e está com as mãos amarradas para trás e com uma mordaça na boca.

Ninguém reconheceu a vítima no local. Populares comentaram terem ouvido conversas durante a madrugada e uma pessoa pedindo para não ser morta.

A pericia do Itep identificou duas perfurações de pistola e a cabeça da vítima completamente destruída pelos tiros de escopeta. A vítima não portava qualquer documento de identificação e pelo dano causado na cabeça é praticamente impossível a identificação visual do morto.

Num dos bolos do short a pericia encontrou uma marica, “espécie de cachimbo” usado para o consumo de drogas.

Na literatura criminal, quando uma pessoa é morta e amordaçada, é um recado dos criminosos para quem falou demais.

Depois dos procedimentos de perícia em local de crime, o corpo foi removido para exames no Instituto de Medicina Legal do Itep em Mossoró e deverá ser identificado por familiares com a apresentação de um documento de identidade.



O Câmara

Comente aqui com o Facebook: