Últimas Notícias

Família de Gugu repudia acusações caluniosas contra apresentador

Os advogados da família de Gugu Liberato emitiram um novo comunicado em nome dos parentes do apresentador. Na nota enviada a jornalistas no início da tarde desta terça-feira (11), a defesa dos filhos de Gugu afirma que a imagem do apresentador está sofrendo com calúnia e difamação. 

É que recentemente começou a circular uma informação, que segundo a assessoria da família de Gugu é falsa, sobre um suposto processo de pedofilia envolvendo o apresentador.
Ainda de acordo com a família de Gugu, em 2013, a assessoria jurídica do apresentador chegou a emitir um comunicado sobre este assunto, afirmando que Gugu estava sendo vítima de chantagem. Confira os comunicados abaixo:


“Como representantes da família Gugu Liberato e de seu espólio, atentos à mídia e indignados com as constantes e descabidas acusações caluniosas e difamatórias envolvendo a imagem do apresentador, foi solicitada instauração de procedimento hoje perante a autoridade policial de São Paulo para apurar crimes praticados. Foram tomadas as providencias cabíveis adotando as medidas cíveis e criminais, a minimizar os efeitos de conduta tão grave. O veículo e o jornalista foram formalmente avisados, notificados e, para todos os efeitos legais, a “manutenção ou propagação desta falsa e ilegal notícia, sob sua exclusiva responsabilidade implicará, em tese, na prática de diversos ilícitos, inclusive, mas não se limitando, a vilipêndio a cadáver, calúnia, injúria, difamação, violação de sigilo judicial e eventualmente formação de bando ou quadrilha. Qualquer outro veículo de comunicação que propagar esta ou qualquer outra informação contra a memória do apresentador Gugu Liberato terá o mesmo tratamento.”

“Em 2013 Gugu foi vítima de extorsão e, na época, seus advogados enviaram o comunicado abaixo, visando alertar a imprensa sobre o problema enfrentando e a seriedade de propagar tal notícia.


COMUNICADO ENVIADO EM 12/04/2013



“O apresentador Augusto Liberato está sendo vítima de extorsão por uma quadrilha, que ameaça divulgar falsas informações que prejudiquem sua reputação, seu trabalho e sua família, usando para isso os meios de comunicação. Gugu Liberato já tomou todas as providências judiciais cabíveis para denunciar esse fato que ora expomos, e para alertar sobre um delito em execução. A quadrilha se dispõe a procurar jornalistas que, iludidos, poderão acabar contribuindo com a consecução de um crime. O escritório do Prof. Dr. Miguel Reale Jr., professor titular da Faculdade de Direito da USP, e um dos mais respeitados criminalistas do país, pediu ao Ministério Público a abertura de inquérito, e representou à OAB-SP contra dois advogados que fazem parte da quadrilha”.





Fábia Oliveira/IG

Comente aqui com o Facebook: