Últimas Notícias

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

STJ mantém ex-secretário Waldson Souza preso

A vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Maria Thereza de Assis, negou o habeas corpus impetrado pela defesa do ex-secretário de Saúde, Waldson Souza, preso na Operação Calvário.

Essa foi a terceira tentativa do ex-auxiliar do Governo do Estado de deixar a Penitenciária Média de Mangabeira. Ele teve o primeiro pedido negado pela ministra Laurita Vaz e o segundo, que foi uma solicitação de extensão à liberdade aplicada ao ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), negado pela ministra Maria Thereza.


Waldson, segundo o Ministério Público, é apontado como um dos integrantes de uma organização criminosa que teria desviado recursos da saúde e educação durante a gestão de Ricardo.

Além dele, seguem presos o ex-procurador-Geral do Estado, Gilberto Carneiro, o irmão de Ricardo, Coriolano Coutinho, e o ex-secretário-executivo de Educação, Arthur Viana.


Por Wallison Bezerra

Comente aqui com o Facebook: