Últimas Notícias

terça-feira, 9 de julho de 2019

Advogado suspeito de esfaquear conceiçãoense e marido em condomínio é levado para manicômio judiciário, em João Pessoa

Após audiência de custódia, realizada no Fórum criminal de João Pessoa, na tarde desta segunda-feira (8), o homem de 26 anos, suspeito de esfaquear um casal no condomínio Val Paraíso, no bairro do Bessa, Zona Norte da capital, foi encaminhado para o manicômio judiciário.

A conceiçãoense, Juliana Mônica Alves, de 33 anos de idade, sofreu ao menos 11 perfurações de faca-peixera e o companheiro dela, Jefferson de Almeida Soares, de 31 anos de idade, sofreu ao menos 2 facadas, no Condomínio Val Paraíso, no Bessa, na cidade de João Pessoa. O crime ocorreu na noite deste domingo (7).


De acordo com informações preliminares, repassadas pela polícia, suspeita é de que o autor dos golpes teria apresentado um quadro de surto psicótico. O suspeito de cometer o crime foi encaminhado para a Central de Polícia da capital, no bairro do Geisel, onde aguardou a audiência, realizada nesta segunda.

De acordo com o boletim médico da unidade, após passarem por procedimentos médicos de emergência, o homem recebeu alta após 0h e a mulher segue internada, com quadro clínico considerado estável.

De acordo com informações, ainda preliminares, repassadas pela Polícia Militar, a suspeita é de que o suspeito dos crimes, que foi identificado e preso, teria apresentado um quadro de surto psicopático. Segundo a PM, o vizinho teria batido na porta do apartamento do casal durante a noite. Quando a mulher abriu a porta, ele a esfaqueou. Em seguida, o marido dela saiu, entrou em luta corporal com o vizinho, mas acabou também sendo esfaqueado.



Da Redação com o Portal T5

Comente aqui com o Facebook: