Últimas Notícias

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Cientistas descobrem suposto buraco negro do tamanho de Júpiter

Cientistas do Observatório Astronômico Nacional do Japão (NAOJ) acreditam ter encontrado um buraco negro do tamanho de Júpiter vagando pela Via Láctea. Em entrevista à 'New Scientist', os especialistas revelaram que foi identificado um comportamento incomum em torno de uma nuvem celestial que estava sendo rastreada.

"Quando verifiquei dados pela primeira vez, fiquei muito animado porque o gás observado mostrou movimentos orbitais, o que sugere um objeto massivo invisível à espreita", informou Shunya Takekawa, astrofísico do NAOJ.


Segundo o 'Space.com', os pesquisadores estão observando duas nuvens celestes, chamadas de Balão e Fluxo. Ambas ficam a 26 mil anos-luz do centro da Via Láctea. Normalmente, essas nuvens são formadas pela colisão entre gás e uma supernova ou outra nuvem celestial. Nestes casos, as nuvens se expandem e deixam um rastro em forma de V. No entanto, não foi isso o que aconteceu. Eles observaram que havia gás orbitando um ponto central.

Partindo dessa evidência, os cientistas verificaram que o objeto que atrai o gás tem 30 mil vezes a massa do Sol e o tamanho aproximado de Júpiter. Assim, eles acreditam terem descoberto um buraco negro de massa intermediária, que são raros. A maior parte dos buracos negros já encontrados é pequena e é produto de um colapso estelar ou de buracos negros supermassivos.

Acredita-se haver mais dois buracos negros intermediários próximos ao centro da Via Láctea. A existência do terceiro, contudo, ainda não é certa.



Notícias ao Minuto

Comente aqui com o Facebook: