Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

domingo, 20 de janeiro de 2019

EXCLUSIVO – Polícia ouve suspeito de envolvimento no caso do professor Conceiçoense que está desparecido

Nessa sexta-feira (18), a Polícia Civil ouviu, em depoimento, um suspeito por  nome não revelado pra não atrapalhar as investigações, supostamente pode está envolvido no caso do professor Conceiçoense, Gilson Ramalho Rangel, de 52 anos, que está desaparecido desde o dia 14 deste mês, em Boa Vista, capital de Roraima, onde a família reside há vários anos.

Neste sábado (19), o suspeito retornou ao 5º Distrito Policial para complementar o depoimento.

Esse suspeito foi localizado pela polícia, porque já tinha grampeado o celular do professor. Ele é morador do bairro São Bento.

Em entrevista a equipe do Roraima 1, ele contou que recebeu uma ligação de um amigo, que só conhece por Bruno, que queria ir até a sua casa.

“Eu disse que não dava porque eu não estava em casa e realmente eu não estava em casa. E recebi essa ligação dele no mesmo dia do desaparecimento do professor”, contou.


Ele relatou que Bruno fez a ligação do número do celular do professor Rangel. “Quando foi mais tarde eu mandei mensagem no mesmo número, perguntando onde ele estava, mas ele não disse”, ressaltou.

O suspeito contou que Bruno tem dupla nacionalidade, brasileira e venezuelana. “Ele trabalhava na Venezuela e passou um tempo aqui, mas sem trabalhar e agora voltou para lá [Venezuela]. Eu não imaginaria que ele fosse capaz de fazer algo a alguém. Mas aí, agora, fico em dúvida porque ele está com o celular do cara”, comentou.

“Eu conheço o Bruno, mas nunca vi esse professor por nome Gilson”, garantiu o suspeito. Ele foi ouvido na sexta-feira pela delegada responsável pelo caso, Verlânia Silva de Assis, e neste sabado(19) o suspeito foi ouvido por um agente da equipe da delegada.

O nome do suspeito foi preservado na reportagem para não atrapalhar as investigações.



Da Redação com Portal Roraima 1

Comente aqui com o Facebook: