Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Donas de casa convidam população para “Ato da Lamparina” devido mais um aumento na conta de energia em cidade do Sertão da Paraíba

Tendo em vista os aumentos constantes que estão sendo registrados nas contas de energia elétrica, em especial no mês de novembro, onde a revisão tarifária teve reajuste de 14%, diversas manifestações em redes sociais e nas conversas informais estão demonstrando revolta.

Essa é a Quarta Revisão Tarifária Periódica da Energisa e foi definida para vigorar desde agosto de 2017, no entanto, neste mês de novembro, as contas deram um salto significativo.
O reajuste foi de 13,42% para consumidores residenciais e 14,55% para indústrias. A Distribuidora Energisa atende mais de Um Milhão e Seiscentos Trezentas Mil residências na Paraíba quando junta com a Energisa Borborema.

Desde a privatização da antiga SAELPA, que pertencia ao Estado da Paraíba os lucros da Energisa são de Bilhões de Reais a cada ano. Diante de lucros fabulosos, a população paraibana entende que os reajustes acima da inflação estão sendo abusivos por parte da empresa, que conta com a anuência da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), órgão do Governo Federal.      

A professora Gerlúzia Vieira (foto), do Movimento de Mulheres Olga Benário, juntamente com outras donas de casa, está organizando um ato público que acontecerá nesta sexta-feira, dia 17, às 19h00, na Praça Edivaldo Mota (Praça do CEPA), centro de Patos.

A atividade está sendo denominada de “Ato da Lamparina”, pois faz alusão a um instrumento simples e que fornece luz de pouca intensidade, porém era muito usado nas casas simples que não dispunha de eletricidade. “Hoje temos energia elétrica, mas a dificuldade para pagar a conta no final do mês vai nos obriga a fazer uma economia desmedida e que nem sempre tem feito efeito, pois quanto mais economizamos, mais a conta aumenta devido os reajustes abusivos”, relatou Gerlúzia.



Por Jozivan Antero

Comente aqui com o Facebook: