Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Cidades do Sertão da Paraíba, serão investigadas por gastos em combustíveis

Vinte municípios da Paraíba estão na Matriz de Risco dos gastos em combustíveis em 2017. 

Os dados, até o mês de setembro, são do Sagres Combustíveis do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). 

Segundo o presidente do tribunal, conselheiro André Carlo Torres Pontes, essas cidades devem ser alvo de investigação dos auditores.

“Os municípios com baixo índice de eficiência estão gastando muito e vão ser investigados. Eles estão muito ruins em eficiência e vão ter seus gastos com combustível analisados”, explicou o conselheiro.


A lista dos municípios com os piores índices de eficiência do estado é encabeçada por Cruz do Espírito Santo, com um índice de 18%. Logo em seguida parecem Ingá (19%) e Parari (20%). O índice de eficiência leva em consideração as despesas totais com combustíveis e o índice de necessidades dos municípios.

A Prefeitura de Boa Ventura é a 83ª no estado que mais gastou com combustíveis entre janeiro e setembro deste ano, conforme revela o Sagres Combustível, ferramenta virtual de transparência pública do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Foram R$ 559,5 mil desembolsados no período pelo município de 5,3 mil habitantes e um dos mais pobres da região.

Em termos de eficiência, a situação de Boa Ventura chega a ser pior do que a de Coremas, outro município do Vale que mais gasta com combustíveis na Paraíba, conforme já revelou a Folha em matéria anterior sobre o assunto. 

Com a atualização dos dados, Coremas consumiu até setembro R$ 1,13 milhão com combustível e tem um índice de eficiência de 26%, um percentual a mais do que Coremas, mas, igualmente, um dos 20 piores da Paraíba.

O baixo índice de eficiência de Boa Ventura, Coremas e outros municípios do estado, que figuram na chamada Matriz de Risco dos Gastos com Combustíveis em 2017, levará o TCE a investigar as suas despesas com combustíveis e os desdobramentos poderão trazer resultados insatisfatórios para os seus gestores, como reprovação de contas e ações na Justiça movidas pelo Ministério Público com base em possível comprovação na disparidade entre despesa e necessidade de consumo.

Os maiores gastos de Boa Ventura - De acordo com o que informou a Prefeitura de Boa Ventura ao TCE, os maiores gastos com combustíveis foram consumidos pela Saúde (R$ 240,84 mil), Educação (R$ 121,35 mil) e Urbanismo (R$94,8 mil).



Da Redação com Folhadovali

Comente aqui com o Facebook: