Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

VÍDEO: Chorando, dona de casa pede ajuda para trabalhar e para ver o filho estudando, no Sertão da Paraíba

Na cidade de Marizópolis, no Alto Sertão paraibano, uma família em situação de extrema pobreza pede ajuda para se manter e também realizar um sonho. 

É que o jovem Suéliton Pereira, de 24 anos, há muito tempo deseja cursar Engenharia Mecânica. Ele até já tem em mente um projeto de um carro eólico, ou seja, movido a ar.

Acontece que ele e sua mãe vivem em situação precária. Hoje eles moram numa pequena residência, mas já chegaram a dormir na rua. 

Suéliton não trabalha, apenas estuda para o ENEM. A casa está se deteriorando e corre risco de desabar. As despesas do lar são mantidas por uma renda mensal de apenas 171 reais do Bolsa Família.

Com sérios problemas de saúde, a mãe, dona Reginalva Pereira, de 48 anos, que já foi até pedinte, ainda não conseguiu o auxílio-doença no INSS. Ela confecciona e vende redes de pesca – daí vem o apelido Regina das Tarrafas. Só que em tempos de seca não há peixes, portanto não aparecem encomendas de tarrafas. Além disso, seu trabalho está cada vez mais comprometido pelos problemas de saúde.

Dona Regina tem pedras na vesícula e sofre com fortes dores na coluna causadas por hérnias de disco. A visão também já não é mais a mesma. Há muitos anos sem dinheiro para realizar exames oftalmológicos e comprar óculos, sua capacidade de enxergar está bastante reduzida.

Diante de tantas dificuldades, Suéliton e dona Regina resolveram gravar um vídeo pedindo ajuda. Emocionada, ela recorre ao apresentador de TV Geraldo Luís, que comanda o programa Domingo Show, na Record, para ajudar seu filho a realizar o sonho de estudar.

“Minha casa está toda rachada. Estou vendo a hora cair por cima de mim e do meu filho. As pessoas dizem que vão ajudar e não vão ajudar. Meu filho quer ser engenheiro mecânico e eu só recebo 171 reais da Bolsa Escola. Eu te peço, Geraldo Luís, seja a luz das nossas vidas. Deus é primeiramente, mas através das pessoas envia anjos”, clama a tarrafeira.

Mas dona Regina também pede ajuda de qualquer pessoa para conseguir outra fonte de renda através do trabalho e com isso colocar comida na mesa e comprar seus remédios, já que o ofício de confeccionar redes de pesca não está dando retorno.

Suéliton e dona Regina residem na Rua Rufino Alexandre, nº 19, bairro Sol Nascente em Marizópolis. O telefone para contato é (83) 8213-8308.




Diariodosertao

Comente aqui com o Facebook: