Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

sábado, 21 de outubro de 2017

Petrobras vende pré-sal a preço de banana, aponta especialista

Uma reportagem wspecial da BNAmericas, plataforma de relatórios e reportagens especiais para investidores, denuncia que Michel Temer e Pedro Parente estão entregando o pré-sal a preço de banana para os estrangeiros.

Confira abaixo trechos traduzidos da reportagem:

"A empresa de energia estatal brasileira, Petrobras, cometeu um erro grave ao passar seu direito de prioridade para a área de Carcará Norte, que é rica em petróleo, de acordo com um dos mais importantes geólogos do país.


Carcará Norte é uma das oito acumulações de pré-sal disponíveis para os licitantes em dois leilões para direitos de exploração e produção em 27 de outubro.

Em maio, a Petrobras disse que exercerá seu direito de preferência para operar três áreas: Sapinhoá, Peroba e Alto de Cabo Frio Central, deixando a área adjacente ao venerado campo de Carcará.

'[A Petrobras] criou um tremendo dilema', disse à BNamericas Luciano Seixas Chagas, coordenador de petróleo e gás da associação brasileira de geólogos, Febrageo.

'Se decidir licitar, tornará evidente a sua estupidez ao considerar a venda da Carcará pelo preço de uma banana. Se não, isso desperdiçará os ativos da Petrobras'.

A Petrobras recusou-se a responder aos comentários de Chagas quando contactados na sexta-feira.

(...)

Chagas, ex-funcionário da Petrobras e veterano de 43 anos da indústria petrolífera do Brasil, estima as reservas combinadas do Carcará e do Carcará Norte no 15Bboe.

"As áreas unificadas irão atrair a licitação mais agressiva", disse ele sobre os leilões pré-sal. "Eu diria que Carcará Norte se destaca.

"A Petrobras foi estúpida em vender a acumulação, porque tem a mais alta qualidade em termos de ausência de contaminantes, as maiores pressões do reservatório e conseqüentemente terá a o maior fluxo de óleo pré-sal ", acrescentou. 



Brasil 247

Comente aqui com o Facebook: