Últimas Notícias
Hebergeur d'image

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

RC entrega 110 laboratórios de Agroecologia, instalações elétricas e energia solar em 60 escolas; Ele falou em integrar educação ao setor produtivo

O governador Ricardo Coutinho entregou, nesta segunda-feira (7), 110 laboratórios de Ciências Aplicadas em Agroecologia, Instalações Elétricas e Energia Solar para as escolas da rede estadual de ensino. 

A entrega simbólica aconteceu durante o evento Educação Integrada ao Setor Produtivo, no auditório do Shopping Sebrae, em João Pessoa. 

Os laboratórios vão ampliar os conhecimentos dos estudantes das escolas estaduais, permitindo que eles trabalhem com conceitos de responsabilidade ambiental e social, economia, empreendedorismo, formando cidadãos mais preparados para o mercado de trabalho. Deputados estaduais e auxiliares do Governo estiveram presentes na solenidade.


Inicialmente, 60 escolas estaduais de várias regiões vão ser contempladas com os laboratórios que representam quase R$ 800 mil de investimento. "Estamos dando continuidade ao processo de trazer para a educação pública a utilização no setor produtivo, porque se não for dessa forma a educação perde muito do seu sentido. 

Antes, o ensino médio era apenas uma passagem entre o fundamental e a universidade, hoje estamos agregando o ensino profissional ao ensino. Ao procurar mais conhecimento, a gente busca os arranjos produtivos locais que existem em cada região do Estado, por isso que agora estamos entregando 110 laboratórios que estimulam os alunos da rede estadual de ensino a terem essas noções básicas que serão fundamentais para eles", ressaltou o governador Ricardo Coutinho.

Ainda segundo o governador, 50 laboratórios de Instalações Elétricas, 50 de Energia Solar e 10 em Agroecologia serão distribuídos de acordo com as demandas de cada região. "A energia solar, por exemplo, é usada na agricultura, nas residências, pequenas indústrias, já a agroecologia tem uma demanda voltada para a produção agrícola e também há uma forte demanda para instalações elétricas. Isso fortalece o vínculo com as empresas porque estamos formando uma mão de obra qualificada para o mercado", pontuou.



Assessoria 

Comente aqui com o Facebook: