Plantão

Após motociata, a esquerda entra em parafuso e partem para a agressão; VÍDEO!

A enorme e crescente popularidade do Presidente Jair Bolsonaro está colando em profundo desespero seus opositores, que dia e noite maquinam contra ele, os agentes da esquerda que aparelham o sistema e a fiel escudeira vermelha: A Extrema Imprensa parece que também anda desesperada e entrou em colapso, pois cada aparição majestosa do chefe do executivo com um mar de apoiadores, desmascara toda a manipulação das pesquisas eleitorais, desmonta toda a arquitetura maquiavélica da Extrema Imprensa a serviço da Esquerda.

A esquerda e a sua pseudo-terceira via estão se contorcendo como um sapo no sal, não encontram nenhum oponente a altura para disputar o pleito de 2022 com Jair Bolsonaro, tentam de tudo e nada decola, e a realidade das pesquisas eles sabem muito bem, por isso tem sido um cai cai de pré-candidatos, que acovardados desistem desde já, mil e uma articulações e coligações já foram estudadas, até o "picolé de chuchu" com o "cachaceiro carniça" já tentaram e viram que não vai dar certo, parece nítido que o atual pré-candidato do PT não será o candidato que disputará as eleições.



Por outro lado os ataques a imagem dos militares, também revelam que os mesmos estão incomodando o sistema, possivelmente algum esquema de costume não será possível nesse pleito de 2002, pois nossos militares vão garantir a legitimidade e a segurança das eleições.



Por fim a Extrema Imprensa, também deixa bem claro seu profundo desespero, em plena semana Santa (feriado Cristão) chama o Presidente Jair Bolsonaro de "AGENTE SECRETO DE SATANÁS", publicação da Folha de S. Paulo no artigo escrito por Luiz Francisco Carvalho Neto, que já foi presidente da Comissão Especial de Mortos e Desaparecidos Políticos de 2001 a 2004, durante o governo do seu xará Luiz Inácio. Tal comissão servia como ferramenta de "extorsão" aos cofres públicos, com pensões e indenizações em virtude das "mortes" dos bandidos comunistas da luta armada, que na maioria dos casos eram mortos pelos próprios companheiros nos ditos justiçamentos.

 

Ninguém mata mais comunista que comunista, penso que a própria esquerda possa querer criar um "mártir", um "mito" e querer colocar na conta do PR, incriminar Bolsonaro, pois não existe candidato capaz de vencê-lo em uma eleição limpa, assim sendo o negócio não seria esquerda vencer com um candidato, mas seria IMPEDIR a qualquer custo que Bolsonaro vença!

Encerro prestando homenagem a um grande herói militar Brasileiro que nos deixou aos 97 anos nesse dia 16, em memória ao grande General Newton Cruz.

Veja

Por Bosco Foz, Jornalista e Gestor Público

Nenhum comentário: