Plantão

Will Smith pede desculpas a Chris Rock


Will Smith pediu desculpas ao humorista Chris Rock por tê-lo tapeado no rosto durante a cerimônia do Oscar, realizada no domingo 27. “Eu estava fora da linha e estava errado”, disse, em mensagem divulgada no Instagram.


Leia na íntegra a carta de Smith


“A violência, em todas suas formas, é venenosa e destrutiva. Meu comportamento no Oscar foi inaceitável e imperdoável. Piadas às minhas custas fazem parte do trabalho, mas uma piada sobre a condição médica de Jada [Pinkett] era demais para mim. E reagi emocionalmente.


Gostaria de me desculpar publicamente com você, Chris. Eu estava fora da linha e estava errado. Estou envergonhado e minhas ações não foram indicativas do homem que quero ser. Não há lugar para violência em um mundo de amor e bondade.


Também gostaria de pedir desculpas à Academia, aos produtores do programa, a todos os participantes e a todos que assistem ao redor do mundo. Gostaria de me desculpar com a Família Williams e com minha Família ‘King Richard’. Lamento profundamente que meu comportamento tenha manchado o que tem sido uma jornada linda para todos nós.


Sou um trabalho em andamento.


Sinceramente,


Will.”


O caso

A confusão ocorreu depois de Rock dizer que Jada Pinkett, esposa de Smith, parece com G.I. Jane. É uma alusão à personagem de Demi Moore, no filme Até o Limite da Honra, que é completamente calva. Jada sofre de alopecia, uma doença autoimune que provoca queda de cabelo.


Smith caminhou até o palco, deu uma bofetada em Rock, voltou à plateia e gritou: “Tire o nome da minha esposa da porr* da sua boca”. No fim, Smith foi anunciado vencedor do Oscar pelo papel de melhor ator.

Nenhum comentário: