Plantão

Palmeiras passa fácil pelo Al-Ahly e se garante na final do Mundial



O Palmeiras está na final do Mundial de Clubes! Com uma atuação bastante sólida e o brilho da dupla Raphael Veiga e Dudu, o Alviverde não teve dificuldades para vencer o Al-Ahly, do Egito, por 2 a 0 nesta terça-feira (8), no estádio Al Nahyan, em Abu Dhabi, e se garantir na decisão do próximo sábado (12).



Os comandados de Abel Ferreira agora esperam o vencedor do duelo entre Chelsea, da Inglaterra, e Al-Hilal, da Arábia Saudita, nesta quarta-feira (9).



Domínio palmeirense

Apesar de ser o jogo de estreia, o Palmeiras não sentiu a pressão e logo dominou as ações. Prendeu o Al-Ahly no campo de defesa, ficou com a bola e tentou encontrar espaços para agredir.



O time egípcio pouco atacava, mas se defendia bem. Tanto é que o primeiro lance de perigo do jogo foi aos 31'. Dudu encontrou Marcos Rocha às costas da zaga. O lateral chegou à área e conseguiu o passe, mas a zaga afastou. No rebote, Zé Rafael chutou travado.



Palmeiras na frente

Aos 39', o gol saiu graças à genialidade de Dudu. Danilo tocou para o camisa 7, que deu um lindo passe para Raphael Veiga, nas costas da defesa. O meia recebeu, posicionou-se de frente para o goleiro adversário e bateu colocado.



Golaço

O gol na reta final da primeira etapa deu tranquilidade ao Palmeiras. E o time conseguiu o segundo logo aos 3' da segunda etapa. E mais uma vez no entrosamento da dupla Raphael Veiga e Dudu. O camisa 23 deu um toquinho para Dudu, que avançou pela direita e bateu forte, no ângulo. Golaço!



Se com um gol de diferença os egípcios já pareciam não ter forças para reagir, com dois a partida ficou ainda mais fácil para os brasileiros, que administraram e quase não sofreram riscos.



O que é isso, Weverton?

Um dos únicos sustos foi causado por Weverton. Aos 26', Mohamed arriscou o chute de longe, o goleiro espalmou para o meio da área, nos pés de Sherif, que mandou para as redes. O atacante, porém, foi flagrado em impedimento pelo VAR e o gol foi anulado.


Carrinho criminoso

A vaga já estava encaminhada. E ficou ainda mais aos 34'. Ashraf acertou carrinho forte em Rony e a arbitragem deu apenas o cartão amarelo. Após o auxílio do VAR, o vermelho foi mostrado ao egípcio.



Palmeiras na final!

Com muita festa da torcida presente ao estádio, o Palmeiras ainda teve chance de ampliar. Nos minutos finais, Weverton se recuperou e fez uma linda defesa para manter o 2 a 0, suficiente para deixar o time na briga pelo tão sonhado título mundial.


Palmeiras 2 x 0 Al Ahly


Data: 8 de fevereiro de 2022, terça-feira

Horário: 13h30 (de Brasília)

Local: Estádio Al Nahyan, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos

Árbitro: Clement Turpin-FRA

Assistentes: Nicolas Danos-FRA e Cyril Gringore-FRA

VAR: Willy Delajod-FRA

Gols: Raphael Veiga, aos 39' do primeiro tempo, e Dudu, aos 4' do segundo tempo

Cartão vermelho: Ayman Ashraf

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Danilo, Zé Rafael (Atuesta), Raphael Veiga (Jailson) e Gustavo Scarpa (Breno Lopes); Dudu (Wesley) e Rony (Deyverson). Técnico: Abel Ferreira

Al-Ahly: Ali Lotfy; Yasser Ibrahim, Ramy Rabia (Fathi) e Ayman Ashraf; Mohamed Hany, Aliou Dieng, Amr El Solia (Abdelkader) e Ali Maaloul; H. El Shahat (Sherif), Taher Mohamed (Soliman) e Magdy Afsha. Técnico: Pitso Mosimane


Felippe Scozzafave, do R7

Nenhum comentário: