Plantão

Após quatro anos, acusado de matar policial de Diamante vai a júri popular, no Sertão do Estado



O réu Damião Guedes de Oliveira vai a júri popular na próxima segunda-feira (7) pela morte do policial militar José Gomes da Silva, ocorrida no dia 23 de julho de 2017 em Coremas.


Além do acusado, testemunhas de acusação e de defesa também serão ouvidas no julgamento.



No dia do ocorrido, o sargento J. Gomes, como era mais conhecido, estava em uma festa num bar no sítio Sangradouro, zona rural do município coremense, quando houve um desentendimento pessoal. Segundo a acusação, na confusão, o assassino efetuou vários disparos à queima roupa.



O militar ainda chegou a ser socorrido ao hospital, mas já deu entrada na unidade sem vida. Já o então suspeito foragiu após o crime e só foi capturado três anos depois, em novembro de 2020, no estado de Goiás. 


Depois de localizado, ele ficou preso em uma penitenciária aguardando o julgamento.


Diamante Online

Nenhum comentário: